Diagrama do Chakra (Normal).svg
Este artigo, Amado está sob a responsabilidade total de Gabriel, portanto, não pode ser editado sem explicita permissão.

Amado (アマド, Amado) é um interno da organização Kara.

Personalidade

Amado é um indivíduo muito estoico e independente. Como Jigen, ele se preocupa pouco com a vida dos outros em busca de seus objetivos. Ao mesmo tempo, ele é mais realista, como quando um projeto não mostra melhora após um certo período de tempo, ele acredita que deve ser abandonado por um alternativo.

Aparência

Amado tem cabelos claros, barba e óculos grossos, e um bigode. Amado também é visto fumando.

História

Passado

Amado estava encarregado de cuidar de crianças que passariam pelo teste para receptáculo de Jigen, quando o líder da Kara leva Kawaki até ele para também ser usado nos experimentos ao lado das outras crianças. Após o fim dos testes, todas as crianças morreram e não foram aptas para receptáculo de Jigen, exceto Kawaki.

Boruto: Naruto Next Generations

Arco de Ao

Artigo principal: Arco de Ao Quando Kawaki era transportado pelo dirigível da Kara em que foram investidos muitos recursos, Amado tem a ajuda de Koji e trabalha em segredo para causar a queda do transporte, fazendo com que Kawaki chegasse até as mãos do Sétimo Hokage, bem como também planta coordenadas no local para que fossem encontradas por Konoha, assim Sasuke poderia acessar a dimensão das coordenadas e ficar sabendo da existência de Jigen e do Dez-Caudas com antecedência.

Arco de Kawaki

Artigo principal: Arco de Kawaki Com Kawaki no território de Konoha já por algum tempo, Delta ataca e enfrenta o Hokage, sendo derrotada no precesso. Após o fim da batalha contra Naruto, o drone que estava no corpo da mulher vai até Amado e chega em uma sala com mais dois corpos de Delta, conectando-se em uma espécie de triângulo no centro da sala, resultando no despertar de uma Delta que se encontrava deitada. Mais tarde, quando o líder da Kara começa a reabastecer seu chakra em seu esconderijo após a luta contra Naruto e Sasuke, Amado analisa que levará cerca de dois dias para que o processo esteja completo, e enquanto conversa com Jigen sobre as novidades em relação ao Karma, Amado recebe sua afirmação de que os objetivos de ambos serão concluídos. Pouco mais tarde, quando Amado fumava seu cigarro próximo de onde o líder da Kara reabastecia seu chakra, ele recebe Koji e lhe informa que os outros internos estão em suas respectivas missões e que Jigen está recuperando sua força, estando com sua capacidade abaixo de dez por cento. Amado então questiona o mascarado se ele irá cumprir o plano, e ele confirma que irá até Jigen para matá-lo.

A chegada de Amado em Konoha.

Mais tarde, Amado faz alguns preparativos e vai ao encontro de Koji em uma grande sala no esconderijo da Kara, onde o mascarado traz um grande sapo, o qual se mostra desconfortável com o cigarro de Amado, antes deste entrar na boca do animal, no entanto, Delta chega ao local logo em seguida e pretende não deixar que os dois membros traiam a organização. Em seguida, a mulher cai imóvel no chão por alguma ação da parte de Amado, e Koji acredita que pode ser algum tipo de código de desativação, suspeitando que ele mesmo tenha um um código parecido. Logo em seguida, Amado é levado até os arredores de Konoha, onde caminha pela direita da muralha até encontrar o novo trio Ino-Shika-Chō e iniciar uma conversa com eles na intenção de adentrar a vila para falar com Shikamaru, mas com o movimento realizado pelo filho deste, Amado coloca um colar explosivo no garoto e o pega como refém. Vendo a vida de seu amigo em perigo, Inojin entra em contato com sua mãe para que ela conecte o invasor com Shikamaru. Quando alguns jōnin de Konoha chegam até o local e Moegi prende Amado com sua técnica, no entanto, para mostrar que poderia ceifar a vida do refém mesmo sem usar as mãos, o homem faz questão de explodir um colar similar ao que havia colocado em Shikadai, em seguida Amado é solto da técnica por recomendação de Sai. Ao entrar em contato com Shikamaru e mostrar seu desejo de fazê-lo por ser este o responsável pelas decisões na ausência do Hokage, ele se surpreende ao ver que Naruto havia sido salvo do selamento realizado pelo líder da Kara, bem como Boro havia sido derrotado em sua missão de proteção da chaleira que prendia o Sétimo Hokage. Decidido ir direto ao ponto, Amado diz que está em Konoha para buscar abrigo.

Amado é atacado por Shikamaru.

Como única alternativa para salvar Shikadai, Naruto aceita ouvir o que Amado tem a dizer e o recebe amarrado em seu escritório. O homem insiste que não existem motivos motivos para lhe manterem preso, uma vez que ele pode matar Shikadai sem mesmo usar as mãos, o que faz o pai do garoto atacar Amado e jogá-lo contra a parede, mas ao ser solto das mãos de Shikamaru por ordem do Sétimo Hokage, Amado zomba da perda de paciência do Nara. Para início das negociações, Amado hesita em começar passando as informações, no entanto, consente quando recebe a palavra do Hokage de que o pesquisador não seria traído quando o fizesse. Amado revela que embora já tenha sido um humano comum, o líder da Kara se tornou um Ōtsutsuki, também contando sobre os membros deste clã terem como objetivo sugar a vida de um planeta para criar um poderoso fruto de chakra. Em seguida, o homem revela que foi o responsável por plantar as coordenadas da dimensão de Jigen no local da queda do dirigível que transportava Kawaki, possibilitando que Konoha encontrasse e Sasuke podesse encontrar e descobrir sobre a existência do Dez Caudas e Jigen com antecedência. Quando se prepara para entrar na parte mais importante do assunto, Amado recebe uma transmissão em tempo real de Koji através de seu óculos e pede para que Shikamaru o coloque na mesa para que o holograma seja visto por todos. Amado explica que Koji é seu apoiador dentro da Kara e logo todos da sala vêem o mascarado ser questionado por Jigen pouco antes de ser atravessado por este, se revelando um clone e reaparecendo para confrontá-lo.

Enquanto assiste do escritório do Hokage a batalha de seu apoiador contra o líder enfraquecido da Kara, Amado explica que Koji, assim como ele, enganou a organização e estava esperando o momento certo para poder causar o fim de Jigen. Então Amado explica aos presentes que Isshiki Ōtsutsuki, o qual um dia sendo parceiro de Kaguya fora traído por ela e ficou a beira do morte, sendo obrigado a possuir o corpo de Jigen com as últimas forças que lhe restavam. Logo após receber a palavra de Naruto concordando que ele teria abrigo em Konoha, o homem começa a explicar o que realmente seria o Karma: que ele é colocado pelos Ōtsutsuki em um indivíduo, onde trabalha constantemente substituindo as informações de tal pelas do próprio Ōtsutsuki, para que um dia ele possa ressuscitar no corpo daquele indivíduo, e que com o tempo o mesmo acontecerá com Boruto, sem meios para salvá-lo. Sasuke faz um questionamento ao homem, o qual afirma que o Karma desaparecerá quando o Ōtsutsuki reviver em sua vítima, sendo questionado sobre o porquê do líder da Kara ainda ter o Karma se seu corpo já está sob controle de um Ōtsutsuki. Amado explica que o meio usado por Isshiki para tomar o corpo de Jigen não foi o Karma, mas sim o uso de sua técnica, onde ele entrou no ouvido do jovem e permaneceu lá obtendo nutrientes no interior de seu corpo até tomar o controle por completo. Enquanto todos assistem no holograma a batalha do mascarado contra Jigen, Amado, por sua vez, simultaneamente informa que está disposto a passar para Konoha os segredos para se matar um Ōtsutsuki.

Quando as chamas usadas no líder da Kara começam a sumir gradualmente, Amado explica que elas estão sendo encolhidas pela habilidade especial do Ōtsutsuki, mas que isso já estava em seus planos, pois o adversário ainda não havia se recuperado de sua recente batalha e não seria capaz de encolher as chamas por um longo período de tempo. Em seguida, o ex-interno é questionado por Sasuke, o qual cria a suspeita de que o homem estaria tramando para Isshiki ressuscitar no corpo de Kawaki e alcançar um poder gigantesco, o que faz com que o garoto invada a sala em estado de fúria e ataque Amado, no entanto, sendo impedido por Sasuke. Pouco depois, todos acompanham a morte do líder da Kara e a reencarnação de Isshiki através do Karma que havia no homem. Simultâneo ao renascimento do Ōtsutsuki através do outro Karma, o selo de Kawaki se manifesta repentinamente em fúria pelo corpo do garoto e logo em seguida some por completo da mão de Kawaki. Amado explica que assim que a ressurreição através do Karma é concluida, todos os outros selos são apagados dos restantes receptáculos, suspeitando que seria um recurso de segurança para previnir que se duplicassem as personalidades. Em seguida, o ex-interno explica que a ausência de outro receptáculo impede o Ōtsutsuki de ressuscitar caso seja morto naquele momento. Então o Sétimo Hokage questiona sobre a situação de Koji perante o Ōtsutsuki, e o cientista explica que o mascarado sair vivo da missão nunca foi parte do plano.

Pouco tempo depois, Amado é reconhecido como um verdadeiro civil de Konoha e revela sobre o colar no pescoço de Shikadai para fazê-lo refém ser apenas um colar comum, tendo blefado sobre ser um colar explosivo. Em seguida, Amado alerta que seu apoiador mascarado não é páreo para o Ōtsutsuki, com a melhor escolha sendo evacuar Konoha e montar uma estratégia para aguardar a chegada de Isshiki, já que seu objetivo é marcar novamente Kawaki com o Karma e ter um receptáculo para reencarnar.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.