FANDOM


Arai (アライ, Arai) é um prisioneiro do Castelo Hōzuki.

Personalidade Editar

Arai demonstrou ser um indivíduo muito descontraído. Amigável para os novos prisioneiros do Castelo Hōzuki, ele mostra-os o lugar e explica todo seu funcionamento interno.[1] Entretanto, este comportamento é na verdade uma fachada, que esconde uma personalidade engenhosa, que usa de simpatia para enganar e alcançar seus objetivos. [2]

Aparência Editar

Arai é um homem alto e magro, de pele clara. Ele tem olhos amarelos e cabelos espessos e vermelhos. Como os outros prisioneiros do Castelo Hōzuki, ele usa um macacão laranja da prisão com sandálias marrons.

História Editar

Boruto: Naruto Next Generations Editar

Arco dos Bandidos Mujina Editar

Artigo principal: Arco dos Bandidos Mujina

Boruto e Mitsuki chegam à cela

Boruto e Mitsuki chegam à cela.

Quando Boruto Uzumaki e Mitsuki foram enviados como prisioneiros — secretamente como parte de uma missão oficial — para o Castelo Hōzuki, eles tornaram-se colegas de cela de Arai e seus outros companheiros, Kedama e Kamata, e lhes explicou o funcionamento da prisão.

Mais tarde, eles perguntaram sobre os rumores de Tsukiyo, o segundo-em-comando dos Bandidos Mujina, também estar na prisão. Arai explicou que ele estava em confinamento depois de agredir o prisioneiro Kokuri e observou que Kokuri teve sorte de ser levado à enfermaria do castelo por causa de ferimentos tão simples, então Boruto lhe perguntou como chegar até lá. Arai disse que a única maneira segura de entrar sem que os médicos suspeitem é comer um fruto envenenado de uma das plantas hōzuki que cercam a prisão. Mais tarde, Arai ficou surpreso com a sorte de Boruto em conseguir um deles, que sem hesitar comeu. Boruto rapidamente passou mal e foi levado para a enfermaria.

Arai tenta impedir Boruto

Arai tenta impedir que Boruto vá até o farol.

Após retornar, Boruto perguntou a Arai se ele tinha alguma informação prejudicial de Benga, o chefe da prisão. Arai negou, mas disse conhecer um homem que sabia, então ele os levou até o chefe interno da prisão, Doragu. O homem disse que só daria essas informações se Boruto conseguisse pegar a lâmpada do farol que iluminava sua cela durante a noite, Arai tentou impedí-lo, mas Boruto aceitou o desafio. Enquanto Boruto tentava pegar a lâmpada, ele foi rapidamente notado pelos guardas. Para Arai e o choque de todos, Boruto conseguiu escapar com uma luz ofuscante, recebendo as informações de Doragu. Mais tarde, ficou sabendo que um dos passes de acesso total da prisão desapareceu há três dias, o que significa que um prisioneiro poderia ter pego.

Desesperado Arai ataca Kokuri

Desesperado, Arai ataca Kokuri.

Benga organiza uma busca nas celas pelo cartão de madeira perdido, então Boruto e Mitsuki concluem que a pessoa que o roubou é o mesmo que atacou Kokuri na ala médica e que ele provavelmente era um de seus companheiros de cela, pois o único momento em que o roubo poderia ter ocorrido foi quando os funcionários desta ala estiveram na cela para socorrer Boruto. Kokuri acaba entregando que Boruto estava ali para protegê-lo, surpreendendo Arai, que os questiona sobre sua relação, mas conclui que ele e Mitsuki não são suspeitos. Entretanto, quando Benga anuncia que se o culpado não for entregue todos os seus companheiros de cela serão considerados cúmplices, Arai fala de suas desconfianças sobre Kamata, que é reticente sobre deixar verificarem suas coisas, no entanto, é entre os pertences de Kedama que o cartão é encontrado e Arai reforça sua culpa ao falar sobre seu histórico como informante dos guardas. Como Boruto, Mitsuki e Kokuri parecem dispostos a ouvir o lado de Kedama da história, isso revolta Arai, o qual acaba falando sobre relação de Kokuri com o os Bandidos Mujina. Entretanto, com esta revelação entregou também a si mesmo, pois ninguém deveria conhecer esta informação. Revelando-se culpado ele é atingido por Kedama ao atacar Kokuri e então entregue aos guardas e Benga.

Referências Editar

  1. Boruto: Naruto Next Generations episódio 141
  2. "Boruto: Naruto Next Generations" episódio 143
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.