FANDOM


A Armadura sugando chakra

A Armadura sugando chakra.

A Armadura Infinita (无限甲盖, Mugen Kogai) foi uma placa única montada sobre o peito do utilizador, formado em forma da face de um tigre. Esta armadura tem a capacidade de amortecer quase todas as técnicas e a um ritmo alarmante, absorver o chakra de alguém ou alguma coisa que entra em contato com ela. Quando a areia impregnada chakra de Gaara entrou em contato com ele, o chakra moldado em areia foi drenado e a areia caiu inerte. Quando Rock Lee tentou atacar Suiko diretamente, a armadura drenou o chakra do mesmo. A armadura ainda era capaz de absorver quase todo o chakra do Shukaku de Gaara em questão de momentos. O chakra drenado pode então ser usada para revitalizar os ferimentos e reabastecer chakra. Hōki usou o chakra drenado pela armadura para ressuscitar perfeitamente Seimei, e capacitar ainda mais as outras armas em sua posse. Outra ferramenta na posse dos usuários, é a de poder aumentar a área de drenagem de chakra. Isso se torna evidente quando Suiko usou a armadura em conjunto com uma mangual, que serviu como um canal para a Armadura Infinita para drenar chakra de um oponente completamente.

A Armadura Infinita não pode absorver chakra mais rápido do que o tempo para um objeto perfurante danifica-la Suiko morreu quando Gaara derrubou-a com uma Lança de Areia, e Seimei foi derrotado quando Gaara usou seu Ataque Absoluto: Lança do Shukaku para perfurar a blindagem e então usar o Profundo Enterro de Areia para pressionar e esmagar Seimei.

Ele é visto pela primeira vez usado por Suiko dos Homens dos Quatro Símbolos Celestiais. Após a derrota de Suiko por Gaara, a armadura foi convocada então pelo líder dos Homens dos Quatro Símbolos Celestiais. Enquanto ainda vestindo a armadura, Hōki invoca e revive o criador da arma, Seimei. Hōki usou a armadura e uma gaiola personalizada para drenar o chakra do Shukaku de Gaara para reviver Seimei e o entregar todas as armas criadas por ele.

Ver Também Editar

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.