FANDOM


Por favor, note que este é um artigo da Wiki Naruto sobre a invocação pessoal de Danzō Shimura. Caso você esteja procurando o artigo sobre o membro da Anbu, você deve ir para Baku.

Baku (貘, Baku) é uma invocação pessoal de Danzō Shimura.

Aparência Editar

É uma Anta-Elefante gigantesco, grande o suficiente para o pequeno Susanoo de Sasuke. Tem membros e fitas coladas em todo a sua cabeça semelhante a Danzō e armadura na base do tronco e entre seus olhos. É predominantemente laranja de cor escura, com exceção de seu tronco, as pernas e as marcas ao redor dos olhos. Seus pés também são listrados, que lembra as de um tigre e também tem enormes presas e o que parece ser uma barba, bem como, garras longas e afiadas.

Parte II Editar

Reunião dos Cinco Kage Editar

Baku (Sucção)

Baku auxiliando Danzō na batalha.

Danzō tentou usá-lo para atrair Sasuke e seu Susanoo e também aproveitou a sucção para aumentar o poder de sua Liberação de Vento: Série de Ondas de Vácuo que juntos criaram uma abertura no Susanoo de Sasuke, criando uma oportunidade para Danzō atacar. No entanto, usando a sucção para sua vantagem Sasuke lançou uma bola de fogo em sua boca, o vácuo também aumentou seu tamanho e poder da técnica de Sasuke, que o obrigou a recuar.

Habilidades Editar

O Baku é dito na legenda que é capaz de devorar os sonhos e pesadelos, um fato que Tobi também ecoou. Quando ele abre sua boca e inala, pode criar um poderoso sistema de sucção que suga tudo dentro de um grande raio, ao mesmo tempo exalando através de seu tronco. Danzō usa essa aspiração em conjunto com suas próprias técnicas de Liberação de Vento para amplificar seu poder. Foi forte o suficiente para quebrar as defesas do Susanoo de Sasuke.

Curiosidades Editar

O baku (獏, 貘) é uma criatura mitológica japonesa que dizem que pode comer sonhos e pesadelos. Como uma quimera com tronco de um elefante, olhos de um rinoceronte, cauda do boi e as patas de um tigre, eles se assemelhava um pouco a anta da vida real. Após as duas criaturas foram conectadas, o baku foi mais frequentemente descrito como uma anta. Imagens modernas retratando Baku como um Quimera real são raras.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.