FANDOM



Benga (ベンガ, Benga) é o guarda-chefe do Castelo Hōzuki.

Personalidade Editar

Benga é um disciplinador durão. Ele não gosta de atividades intelectuais e considera que a força é a única forma confiável de manter a ordem. Apesar de ser subordinado de Mujō, ele o despreza, pois o considera mole com os prisioneiros por causa de sua crença na possibilidade de reabilitação.

Aparência Editar

Benga é um homem de físico robusto, seu cabelo é preto e penteado para trás. Ele veste um terno japonês de cor verde musgo, adornado com detalhes e botões dourados; calça cinza com um cinto preto e calça botas de cano longo. Ele também usa um óculos escuro de armação redonda.

História Editar

Boruto: Naruto Next Generations Editar

Arcos dos Bandidos Mujina Editar

Artigo principal: Arco dos Bandidos Mujina

Benga e Sarada

Benga apresentando o castelo à Sarada.

Com a chegada dos novos prisioneiros ao Castelo Hōzuki, Benga, o Guarda-feche, lhes explicou as regras da prisão e foi rude com Boruto, mesmo ele demonstrando interesse em saber as regras, e o espancou quando mostrou-se preocupado com Haie, que se feriu por conta da Prisão Celestial quando tentou escapar. Mais tarde, ele recebeu Sarada — disfarçada de estudante de jornalismo fazendo pesquisas — respondeu suas perguntas, expressou suas opiniões e mostrou-lhe as diferentes áreas do castelo.

Após o ataque ao prisioneiro Kokuri na ala médica e Mujō decidir o transferir para a mesma cela de Boruto, onde estaria seguro, Benga discorda usando o argumento que os prisioneiros não devem receber tratamento especial, quando na verdade seu verdadeiro motivo era o suborno feito pelo prisioneiro Tsukiyo, garantindo assim que Kokuri ficasse desprotegido e tornasse mais fácil seu assassinato. Mujō mais tarde veio a descobrir que Benga mantinha uma extensa rede de subornos na prisão, delegando regalias aos prisioneiros através destes, e faz uso desta informação contra ele, o qual implora para manter sua posição, conseguindo desta forma mover Kokuri para uma cela segura.

Mais tarde, Benga organiza uma busca pelo cartão de madeira perdido por um dos funcionários da ala médica, desconfiando que um dos prisioneiros possa o ter em sua posse. Arai acabou por ser entregue por Boruto, despertando a desconfiança de Benga, que questiona Mujō sobre a relação de Boruto e Kokuri, mas este desconversa o deixando ainda mais receoso sobre a proximidade da dupla.

Benga espanca Kamata

Benga espanca Kamata.

Em uma nova tentativa de suborno, Tsukiyo oferece o dinheiro roubado por Kokuri para que Benga o transfira para o Castelo Hōzuki 2, onde se encontram os membros do Bandidos Mujina, entretanto, Benga informa que apenas Mujō possui autoridade para tal. Disposto a saber mais sobre a relação de Kokuri e Boruto, Benga, após descobrir as mentiras de Kamata para sua irmã doente, usa a informação para suborná-lo e forçá-lo a espionar seus companheiros de cela, ameaçando revelar suas maquinações a irmã caso ele se recusasse e prometendo permitir que ele a veja caso ajudasse. Porém, Kamata não entrega as informações descobertas e, tendo percebido sua mentira ao alegar que nada sabia, Benga o espanca brutalmente, enviando-o a solitária com aumento de sua pena.

Benga se declara novo senhor do Castelo Hōzuki

Benga se declara o novo Comandante do Castelo.

Ao ser intimado ao escritório de Mujō, que informa a decisão de Kusagakure de libertar Kokuri em condicional, Benga se revolta. No entanto, Mujō também revela estar ciente de seus abusos de autoridade e que não haverá nova chance, portanto o demitindo. Porém, em um golpe de sorte, Mujō é acometido neste momento pela sua condição médica, sendo negado a ele seus remédios por Benga, que observa com escárnio seu superior agonizar a sua frente. Com o Comandante do Castelo muito doente para exercer sua função, Benga toma posse da posição, sendo sua primeira ordem a transferência de Kokuri para a nova prisão.

Em outro momento, Benga convoca Doragu à sua sala, o qual informa sobre os questionamentos de Boruto sobre os navios de suprimentos que chegam e sobre e a conversa de Sarada com Tsukiyo, o que o preocupa e o faz iniciar uma busca por ela por toda prisão. Mais tarde, ao confrontá-la nos tuneis, percebendo que ela sabe tudo sobre suas maquinações, ele usa sua Liberação de Fogo, que ela esquiva, entretanto ele acaba atingindo um oleoduto que explode prendendo Sarada desacordada em um fundo buraco. Tendo a derrotado ele finaliza as buscas por ela, deixando-a lá para morrer.

Após investigar os pertences de Sarada e encontrar suas anotações, desvendando o plano de fuga e sua junção com Boruto, Mitsuki e Kokuri, Benga frusta o plano drenando o tanque de água que seria usado para desfazer o Prisão Celestial e possibilitar a fuga. Indo atrás do grupo na cela, descobriu o clone de Boruto e que o plano já havia sido iniciado, tendo atacado um dos guardas para impedir que este pedisse reforços a Kusagakure. Invocando um cão de duas cabeças, ele o comandou para perseguir seus fugitivos, entretanto acabou por ser derrotado junto com este por Sarada. Desesperado, acabou indo ao encontro de Tsukiyo tentando enganá-lo para receber seu pagamento, o qual o convenceu a remover a Prisão Celestial ao dizer que iria ajudá-lo a deter os fugitivos, no entanto acabou por ser morto por este.


Habilidades Editar

Benga usando fogo

O domínio de Benga sobre a Liberação de Fogo.

Dado o seu cargo de guarda-chefe de uma penitenciária, Benga deve ser presumivelmente apto ao cargo. Ele tem uma força física considerável, sendo capaz de derrubar uma pessoa com um único golpe no pescoço.[1] Além disso, ele também demonstrou ter um mínimo conhecimento de ninjutsu ao executar técnicas de Liberação de Fogo para incinerar um documento [2], lançar projéteis de chamas em seu oponente e também gerar fogo em forma de lança, o qual paralisa seu alvo, podendo ser fatal quando desativado por Benga [3] e desencadear uma rajada bastante poderosa em seu alvo, envolvendo a mão em fogo ao manipular uma longa corrente de fogo semelhante a um chicote [4] .Enquanto atuava como guarda, ele teve acesso a invocação de um cão de duas cabeças que cospe fogo, o qual passou de guarda em guarda como herança e é usado para caçar prisioneiros que tentam escapar [5].

Referências Editar

  1. Boruto: Naruto Next Generations episódio 141
  2. Boruto: Naruto Next Generations episódio 144
  3. "Boruto: Naruto Next Generations" episódio 145
  4. "Boruto: Naruto Next Generations" episódio 146
  5. "Boruto: Naruto Next Generations" episódio 146
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.