FANDOM


Boruto se junta a sua equipe em seu caminho para a Residência do Hokage, onde eles devem ser designados a sua primeira missão. Quando Konohamaru explica que, como novos shinobi recém-saídos da Academia, eles só receberão missões de baixo escalão no começo. Boruto acha que eles deveriam acabar com essas missões, para que possam obter missões mais altas. Naruto fala a eles sua primeira missão: expulsar bandidos de uma pequena aldeia chamada Monte Verde. Devido a uma seca, tanto o Monte Verde quanto as aldeias agrícolas vizinhas tiveram safras ruins, e o Vale do Azul Claro está roubando seus alimentos dos armazéns. Boruto ainda acha que a missão é fácil, e quando Konohamaru diz que a equipe deve levar a missão mais a sério, irritando Sarada por envolvê-la com Boruto. Naruto diz a eles que, mesmo como uma missão de rank D, é importante e que eles devem dar tudo de si. Em casa, Boruto pergunta a Hinata sobre sua primeira missão. Ela se lembra de estar nervosa naquela época, pois havia guerras e missões eram mais perigosas. Ela diz a ele que sua primeira missão não é realmente algo para ser animado. O time 7 parte para sua missão. Naruto diz a Shikamaru que ele preencheu Konohamaru com os detalhes da missão e lembra que Shikadai também está tendo sua primeira missão. Sua missão é escoltar uma senhora rica. Shikadai e Inojin carregam suas compras, enquanto Chōchō conversa com ela. No caminho para Monte Verde, Sarada diz a Boruto para não fazer nada que reflita mal em seu registro, para não atrapalhar seu caminho para se tornar Hokage. Enquanto os dois brigam, Mitsuki comenta que eles se dão bem; irritando ambos. Konohamaru enfatiza a importância do que Naruto disse a eles e acrescenta que eles não devem tentar resolver as coisas por conta própria. Depois, comenta que eles têm um longo caminho a percorrer se ficarem assustados tão facilmente. Eles alcançam uma ponte suspensa para o Monte Verde e tocam uma campainha para se anunciar. Kiri vê que são crianças e duvida de suas habilidades, mas abaixa a ponte mesmo assim. O Time 7 é informado sobre o recente falecimento do líder da aldeia anterior na época em que os ataques começaram e que sua filha assumiu sua posição. Eles são apresentados a Kiri, que informa que, como eles conseguiram lidar com bandidos por conta própria por um tempo, outras aldeias também contrataram shinobi. Konohamaru pede aos genin para falar com Kiri em particular. Konohamaru diz a Kiri que o conflito com outros shinobi tornaria pelo menos uma missão de rank B, que ele acredita que os genin não estão preparados. Enquanto os três discutem as implicações de não completar a missão, eles ouvem uma comoção, encontram um inimigo shinobi que matou um aldeão e Boruto se envolve em combate. Konohamaru interfere quando Boruto é atacado e Ashimaru é instruído a recuar. Konohamaru diz a Kiri para ser honesto com eles, já que eles não podem fazer uma estratégia sem saber que a outra aldeia é realmente depois. Kiri revela que eles querem o feito para a ponte. Os shinobi inimigos são informados sobre o envolvimento de Konoha. À noite, eles atacam novamente, colocando uma das casas em chamas. Boruto salva um aldeão de ser atacado e outros aldeões começam a atacá-lo. Konohamaru determina que eles estão sendo controlados com genjutsu. O aldeão que Boruto salvou mantém Kiri como refém. Sarada tenta localizar o usuário genjutsu com seu Sharingan, mas falha. Mitsuki usa sua Liberação de Vento para derrubar os aldeões controlados, imaginando que alguém forte o suficiente para resistir a ele deveria ser o shinobi inimigo. Todos os aldeões são derrubados, e Boruto percebe que Kiri foi pega, determinando que quem a pegou deve estar trabalhando com o inimigo. Konohamaru repreende Boruto por agir por conta própria, sem aviso prévio.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.