FANDOM


Konohamaru dá algumas ordens para Boruto, Sarada e Mitsuki pelo rádio. Boruto está distraído, irritando Sarada pelo seu jeito desconjuntado. Boruto está pensando em sua última conversa com Sasuke, após receber um selo desconhecido na palma de sua mão enquanto conversava com Momoshiki; todos os fatos vistos por Sasuke por meio de seu Rinnegan. Sasuke disse a Boruto que o selo e efeitos colaterais em seu corpo não eram normais, mas que era para ele não agir enquanto suas pesquisas não ficassem completas. O repórter local anuncia ao vivo sobre o roubo no Banco de Konoha. O time de Boruto chega ao local onde os Bandidos Mujina estão, e Mitsuki logo captura um deles ao estender seu braço. Sarada, por sua vez, aparece na frente do outro bandido e inicia um confronto, antes de derrotá-lo com alguns golpes. Devido a isso, o terceiro bandido entra no meio para defender seus companheiros, advertindo que Sarada não era nada comparado com as habilidades do "chefe" deles, depois da garota não se impressionar com suas ações. O bandido a ataca, mas ela bloqueia-o. Usando uma lâmina oculta em seu pulso coberta de veneno, Sarada tenta impedir que o veneno a alcance. O bandido zomba de Sarada, dizendo que levaria seu cadáver consigo. Para seu alívio, Boruto chega e entrega um pontapé no rosto do bandido, surpreso por Sarada ser corajosa a ponto de lutar de igual para igual. Sozinho, o bandido usa uma bomba de fumaça para se ocultar e fugir, mas Boruto e Sarada localizam-o, e tentam seguir o plano de deixá-lo fugir para chegarem até o grupo deles. No entanto, Boruto termina de completar a missão atingindo um Rasengan no estômago do bandido. Sarada se revolta pela ação precipitada de Boruto. Boruto quer ir embora o mais rápido possível para se encontrar com Shikadai, ainda recebendo críticas de Sarada. Apesar disso, Konohamaru considera uma missão cumprida. Dentro de Konoha, Ibiki relata a Naruto sobre o estado de Katasuke, de total tristeza pelos transtornos causados, do qual havia sido submetido ao controle de um inimigo desconhecido fora da aldeia. Enquanto sob controle, Katasuke acabou vazando informações do Kote. Naruto ordena que Ibiki e Sai continuem a investigar, além de colocar Shikamaru responsável por quaisquer informações que Katasuke dizer-lhe. Mirai chega eufórica entregando o relatório sobre a captura dos bandidos, pelo grupo de Boruto. Shikamaru quer um isqueiro, mas Mirai diz-lhe que é proibido fumar dentro da Residência do Hokage. Eles continuam o relatório e percebem que Shojoji, considerado o chefe e presente no Livro Bingo, não estava entre os causadores do problema. Mudando de assunto, Shikamaru lembra Naruto sobre sua reunião com o daimyō do País do Fogo, da qual havia esquecido. Nas ruas de Konoha, ao mesmo tempo, Tentō Madoka, o filho do Daimyō, mostra a seu pai o cartão colecionável com o rosto de Naruto jovem, adquirido em sua última compra. O daimyō pede desculpas ao filho e diz que precisa ir a uma reunião com o Hokage, pedindo, em seguida, para seu segurança cuidar de Tentō. Depois de se maravilhar com os cartões adquiridos, Tentō pergunta ao seu guarda-costa quantos pacotes eles tinham para vender, e, embora Yamaoka diga que a compra é limitada por pessoas, Tentō está obstinado à comprar a loja inteira. Boruto, Shikadai e Inojin também compraram novos pacotes de cartões colecionáveis, e Boruto fica feliz por conseguir adquirir o cartão raro de seu pai. Boruto decide comprar outro pacote de cartões, a fim de encontrar outro cartão específico e raro. Sarada está entendiada. Metal Lee chega correndo - aparentemente treinando, aliás - para entregar a mensagem de Konohamaru a Boruto, que lhe chama até o gabinete do Hokage. Quando chega no local, Konohamaru apresenta Boruto para Tentō e vice-versa. Tentō, em sua primeira análise de Boruto, julga seus vestes, esperando que por ser filho do Hokage ele tivesse roupas mais luxuosas. Konohamaru intervém e atribui Boruto à missão de escoltar o filho do daimyō, Tentō, enquanto o pai do garoto estivesse em reunião em Konoha. Boruto não quer aceitar a missão, visto que Tentō foi rude anteriormente com seu modo de se vestir. No entanto, Konohamaru informa que o próprio daimyō considerou Boruto apto o suficiente para mostrar uma lição a Tentō, a fim de mostrá-lo como é ser um verdadeiro shinobi. Reclamando sobre a qualidade do chá servido de fundo, Tentō aproveita para estimular Boruto, inclusive, a ensiná-lo sobre a vida. Boruto sussurra para Konohamaru que quer socar o nobre menino. Removendo as más impressões, Konohamaru admite que isso será uma boa missão para que Boruto desenvolva também as características de Tentō. Tentō parece feliz para iniciar sua escolta particular.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.