FANDOM


Incapaz de compreender as circunstâncias que rodearam o renascimento de seu filho após a extração do Shukaku apesar da explicação de Gaara, especialmente em relação à forma como ele conseguiu fazer amigos, o Quarto Kazekage se surpreende após Gaara dizer que não o odeia devido em parte, ao seu papel como Kazekage ter proporcionado uma perspectiva para os motivos e ações anteriores de seu pai. Recordando-se do passado, incluindo tanto o nascimento de seu filho e a eventual descida para o fracasso como um jinchūriki, o Quarto Kazekage supõe que há algum valor em sua reencarnação, uma vez que lhe permite determinar o valor real de seu filho. Questionando se Gaara é verdadeiramente capaz de ultrapassar ele, a batalha entre pai e filho começa com a colisão de seu respectivo ouro e areia, resultando em uma mistura dos dois. No entanto, ao tentar proteger dois dos outros Kage de um ataque aéreo, a areia de Gaara é capaz de conter todos os três em um abraço inescapável. Admitindo o crescimento de seu filho após seus ataques serem bloqueados pelo Escudo de Areia de Gaara, o Quarto Kazekage chega à conclusão de que todos os pais precisam confiar em seus filhos, contrariando seus conceitos anteriores sobre o valor. Declarando que a força de Gaara não vem do Shukaku, mas sim de sua mãe, ele diz a seu filho que Karura realmente o amava, chocando o último.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.