FANDOM


Por favor, note que este é um artigo da Wiki Naruto sobre o capítulo 601. Caso você esteja procurando o artigo sobre o episódio 344 de Naruto: Shippūden, você deve ir para Obito e Madara.

Após Madara chegar ao campo de batalha, Naruto, Kakashi, Guy e B ficam chocados ao ver o shinobi lendário diante deles, levando-os a se perguntar o que tinha acontecido com os Kage. Enquanto Madara e Obito conversam casualmente, Madara nota que o Naruto em frente deles também é um clone. Madara diz aos jinchūriki que os Kage provavelmente não estão nada bem. Em outro lugar, Tsunade, que tinha sido dividida em dois, consegue invocar Katsuyu. Katsuyu fica angustiada com a condição de Tsunade e diz que irá juntá-la imediatamente. No entanto, Tsunade diz para a lesma gigante trazer os outros Kage para perto dela, como ainda pode haver tempo para salvá-los. Voltando ao campo de batalha, Obito devolve a gunbai de Madara para ele a tempo para o famoso Uchiha bloquear uma barragem de receptores negros que Naruto lança em direção aos dois. Depois de ouvir a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior, Madara pergunta a Obito porque ele começou o plano sem nem mesmo ter capturado o Oito e Nove-Caudas, além de julgar suas ações como precipitadas. Ele também credencia a maneira pela qual ele foi trazido de volta ao mundo dos vivos como sendo devido à pressa de Obito e o questiona sobre o que tinha acontecido com Nagato, que deveria trazê-lo de volta através do Caminho Exterior: Técnica da Vida Celestial de Saṃsāra. Ao ouvir que eles queriam usar seu colega discípulo dessa maneira, um Naruto enfurecido se move para atacá-los com uma Super Mini-Bola da Besta com Cauda. Madara, no entanto, bloqueia o ataque e envia a força de volta para o clone, dissipando-o. Concluindo o fato de que o jovem Uchiha deve ter um plano, Madara parte para capturar o Oito e Nove-Caudas, deixando Obito para lidar com Guy e Kakashi. Kakashi usa esta oportunidade para questionar o seu velho amigo sobre o que tinha acontecido com ele, Obito então tem um flashback do momento em que ele estava enfaixado em um lugar junto a um velho e encarquilhado Madara, o qual refere o lugar como sendo a terra entre os vivos e os mortos.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.