FANDOM


Sendo monitorado por Zetsu Branco e outro com um padrão facial espiral, Obito fica completamente irritado com a dupla, que está fascinada com a forma como as funções do corpo humano trabalham — como eles não têm a necessidade de comer, beber, ou até mesmo usar o banheiro. Dizendo que ele não é como eles, Obito observa que apenas a metade dele é feita de material artificial. Afirmando que eles devem ajudar Obito com sua reabilitação até que Madara acorde, a dupla começa a questionar Obito sobre por que ele fica repetindo um som de sino e "Kakashi estúpido" durante seu sono. Depois de explicar que o terceiro clone tinha ido para fora para recolher informações e que eles são capazes de se mover através da terra, os dois Zetsu começam a recitar os planos de Madara para a paz mundial. Desconsiderando isso, Obito mais uma vez afirma sua vontade de deixar este lugar e se juntar com Rin e Kakashi, começando assim a sua reabilitação dolorosa ao recordar seu tempo com Rin e Kakashi com suas memórias de estar tentando beijar uma foto de Rin, mesmo depois de cobrir o rosto de Kakashi e mais tarde, após o treinamento, tentando dar um sinal para Rin de que ele a ama, apenas para Obito descobrir que Rin estava olhando para Kakashi, e não para ele. Após um incidente no treinamento que deixa Obito com um ferimento na mão, Rin o remenda e diz a ele que não é bom Obito esconder suas feridas, porque ela está cuidando dele. No presente e depois do que parece ser uma boa quantidade de tempo que passa, Obito, cujo cabelo cresceu visivelmente ainda mais, é capaz de usar seus membros artificiais perfeitamente. Um dia, Zetsu Branco volta para o esconderijo e alerta Obito que seus companheiros estão em perigo, cercados por shinobi de Kirigakure. Pulando em ação, Obito tenta sair da caverna, mas só consegue quebrar a rocha e arrancar seu braço direito. O Zetsu com face em espiral se oferece para ser uma espécie de roupa e se envolve em torno do jovem Uchiha, que se prepara para ir para fora.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.