FANDOM


Por favor, note que este é um artigo da Wiki Naruto sobre o capítulo 691. Caso você esteja procurando o artigo sobre o episódio 474 de Naruto: Shippūden, você deve ir para Parábens.

O Time 7 é parabenizado por Hagoromo enquanto os primeiros Kage aproveitavam o tempo para maravilharem-se com o estado do mundo. O Sábio elogia Kakashi por liderar a sua equipe no selamento de Kaguya apesar do mesmo negar o seu papel, dando crédito aos seus alunos, mas Hagoromo ainda congratula o seu papel como um mentor, e como um amigo de Obito. Dentro da mente de Kakashi, a alma de Obito retorna para a Terra Pura para estar com Rin, os dois partem e o Sharingan desaparece dos olhos de Kakashi. Sentindo um pouco de vida em Madara, Sasuke começa a avançar em direção a ele, mas é interrompido por Hagoromo que lhe diz que o Uchiha em questão não viveria por muito tempo, uma vez que as Bestas com Cauda tinham sido extraídas dele, permitindo que Hashirama se dirigisse para o seu velho amigo mais uma vez. Os dois conversam sobre seus sonhos individuais e ideologias, com Madara afirmando que os seus sonhos morreram enquanto os de Hashirama ainda continuavam vivos; Hashirama o contradiz, dizendo que ver os seus próprios sonhos se concretizando é menos importante do que criar uma nova geração que tenha sucesso. Ele oferece a Madara uma chance de serem companheiros mais uma vez, mas Madara morre antes de ser capaz de terminar a sua resposta. O Sábio dos Seis Caminhos começa liberando todos os Kage de volta para a Terra Pura, então Naruto corre para ter uma última conversa com o seu pai. Minato deseja a seu filho um feliz aniversário de dezessete anos, e Naruto pede a seu pai para dizer a Kushina que ele está fazendo o seu melhor para seguir os ensinamentos que ela deixou para ele. Enquanto o seu corpo reencarnado se desintegrava, Minato promete passar a mensagem.

Curiosidades Editar

  • Na publicação original deste capítulo, a réplica da face de Hashirama no peito de Madara não tinha sido retratada. Este erro foi corrigido na versão tankōbon.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.