FANDOM


Após o Tsukuyomi Infinito ser ativado, o usuário manipula as raízes tanto da Árvore Divina ou da forma de árvore do Dez-Caudas, espalhando elas ao redor de todo o mundo para envolver aqueles que estão presos dentro do genjutsu. Por enganarem todos os seres vivos e conectá-los à árvore, semelhante a casulos, isso vai manter seus corpos agora adormecidos vivos por toda a eternidade. Ao mesmo tempo, este assimila cada vítima da Árvore Divina, reagrupando o chakra em um único local, para brotar um novo fruto.

O chakra também pode ser usado em conjunto pelo usuário dessa técnica, como ficou provado quando o corpo de Madara Uchiha começou a absorver rapidamente o chakra de todos ligados à árvore durante sua transformação em Kaguya Ōtsutsuki. Segundo o Zetsu Negro, ao longo do tempo, os enlaçados por esta técnica serão convertidos em Zetsu Branco.

De acordo com Minato Namikaze, simplesmente cortar soltando as vítimas não acorda-as, nem as libera da árvore, como outro ramo simplesmente se forma e aprisioná-as mais uma vez.[3] Uma vez que o Tsukuyomi infinito é cancelado, os ramos, juntamente com qualquer Zetsu Branco pré-existente, murcham e as pessoas aprisionadas são libertadas, assumindo que elas já não foram convertidas em Zetsu Branco.[4]

Referências Editar

  1. Segundo Hagoromo, para que a técnica seja desfeita não só é necessário que use o selo rato, mas também que o indivíduo tenha uma porção do chakra de todas as bestas com caudas e o Rinnegan.
  1. Quarto Databook, page 258
  2. Naruto: Shippūden episódio 462
  3. Naruto capítulo 683, página 10
  4. Naruto capítulo 699, páginas 08-11

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Deus: Natividade de um Mundo de Árvores

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.