FANDOM


Disonasu (ディソナス, Disonasu) é o líder da Vila Hachō, bem como o responsável pela destruição da Vila Tonika e um aliado de Kabuto Yakushi.

PersonalidadeEditar

Disonasu verdadeira face

Disonasu mostra sua verdadeira natureza.

Ele parece ser formal e educado. Ele também desrespeita atos cruéis, como o massacre na Vila Tonika. No entanto, esses traços de caráter são simplesmente um blefe. Na verdade, ele é cruel e egoísta, querendo fazer um abate na aldeia inteira só para alcançar seus objetivos. Depois que ele se revelou ser o responsável pelo massacre, ele fala muito duro e boca-suja e tem um olhar triste e frio em seu rosto. Kakashi Hatake descreve-o como um maníaco homicida por causa de seu passado criminoso. Depois de sua derrota para Pain, Disonasu desenvolveu uma espécie de rancor contra ele, dedicando a sua vida depois de procurar mais poder para obter vingança, levando a obsessão quando soube sobre a existência de Ama no Hoko. Ele parecia um pouco grato a Naruto Uzumaki quando ouviu da vitória deste último contra o líder da Akatsuki.

AparênciaEditar

Verdadeira aparência de Disonasu

Verdadeira aparência de Disonasu.

Ele é um homem idoso com olhos amarelos, de barba grisalha e sobrancelhas marrons escuras. As cicatrizes que ele recebeu de Pain na cabeça são cobertas por um pano marrom, cabendo a sua jaqueta e calça.

HistóriaEditar

PassadoEditar

Disonasu é um criminoso conhecido pelo uso da Técnica de Invocação e milhares de assassinatos cometidos. Certa vez, ele lutou contra o líder da Akatsuki, Pain, tendo perdido e ficado terrivelmente amargurado. Para voltar a obter o seu "poder", Disonasu tornou-se um estudioso e estudou muito sobre a história e o significado do buraco, para que ele pudesse receber o poder do Ama no Hoko para obter sua vingança. Embora ele tenha se tornado o chefe da aldeia da Vila Hachō para localizar o Saezuri, capaz de trazer à luz o Ama no Hoko, Disonasu não poderia agir em seu plano devido a milícia da Vila Tonika. Em algum momento, ele estudou a Invocação: Reencarnação do Mundo Impuro junto com Orochimaru.[1]

Parte IIEditar

PoderEditar

Artigo principal: Poder (Arco)

Disonasu e Yamato

Disonasu cumprimenta Yamato.

Trabalhando junto com Kabuto Yakushi, Disonasu destruiu a Vila Tonika e massacrou seus cidadãos para roubar o Saezuri e os sete "sons" necessários para ativá-lo do altar da aldeia. Durante a destruição da aldeia, Disonasu confrontou o Chefe da Vila Tonika e o último foi posteriormente morto por vários shinobi reencarnados de Kabuto. Apesar de ter obtido três dos sons do chefe da aldeia, bem como a Saezuri em si, Disonasu acabou por não conseguir alcançar seu objetivo.

Disonasu e alguns habitantes da Vila Hachō foram investigar a destruída e extinta Vila Tonika depois de alguns sobreviventes solicitarem a sua ajuda. Shiseru, que tinha acompanhado Disonasu para a aldeia, introduziu Yamato e Sai, que também haviam sido enviados para investigar o distúrbio, para ele a aldeia havia se tornado um cemitério. Disonasu discutiu os motivos dos possíveis agressores com Yamato, até que foram interrompidos por um barulho alto. Chegando na fonte do ruído, o grupo descobriu que Naruto Uzumaki e Sakura Haruno estavam lutando com Kabuto e vários outros shinobi reencarnados, além de um Hidan recém-recriado.

Disonasu implora para Yamato e Sai

Disonasu implora para Yamato e Sai.

Apesar de não participar da luta, Disonasu adverte Shiseru sobre um atacante por trás, dando-lhe tempo suficiente para desviar e atacar. Após Kabuto retirar seus peões, ele leva o grupo a Vila Hachō, onde ele mostra a Yamato e Sai os produtos de sua pesquisa anterior sobre O Buraco. Ele, então, pede para punir Kabuto por seus atos cruéis. Disonasu e um grupo de outras pessoas mais tarde acompanham o Chefe da Vila Tonika, que tinha sido secretamente reencarnado por Kabuto, até os sobreviventes da vila Tonika, esperando com isso adquirir os dois últimos sons de Dokku. Quando a neta do chefe da aldeia, Miina, descobriu que algo estava errado com seu avô, Kabuto atacou com suas forças reencarnadas, mais uma vez, levando Disonasu a fugir.

Disonasu usa seu pergaminho

Disonasu invocando o Saezuri.

Depois de Naruto e Dokku serem sequestrados por Kabuto, Disonasu aparece no salão subterrâneo da Vila Tonika ao lado de Kabuto e dois shinobi reencarnados, revelando sua verdadeira natureza e culpando Dokku por dificultar seus planos. Ele então usa um pergaminho para invocar o Saezuri, preparando-se para concretizar seu plano. Kabuto, através dos olhos de um clone nota que as crianças sobreviventes da Vila Tonika estavam se aproximando com os dois últimos "sons" acima do solo, o que levou os dois em tomar Dokku para cumprimentá-los.

Depois de revisar suas anotações sobre o Saezuri, Disonasu usa os sete sons para ativar o dispositivo, elevando o Ama no Hoko acima do solo. Apesar da chegada dos reforços de Konohagakure e Yamato para tentar contê-lo, Disonasu foi capaz de usar o Saezuri para liberar o poder do Ama no Hoko. Disonasu sobe na estrutura para banhar-se com seu poder, mas é interrompido por Naruto. De repente, o Clone do Nove-Caudas, que se banhou com o poder do Ama no Hoko, emerge a partir da estrutura e lança Disonasu para longe do O Buraco, matando-o.

Habilidades Editar

Disonasu é bem conhecido na arte da Técnica de Invocação. Ele é um combatente hábil, capaz de lutar de igual para igual com Pain e sobreviver. Ele também possui a capacidade de se comunicar com os outros através de pergaminhos.

Curiosidades Editar

  • Disonasu é um dos únicos indivíduos conhecidos que sobreviveu a um encontro com Pain, algo que nem Hanzō foi capaz, já que Pain raramente deixa sobreviventes.

Referências Editar

  1. Naruto: Shippūden episódio 294
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.