A Grande Bola Rasengan (大玉螺旋丸, Ōdama Rasengan) trata-se de uma versão maior e mais poderosa do Rasengan convencional.

Visão Geral

No anime, Naruto desenvolveu a Grande Bola Rasengan durante seu treinamento de dois anos e meio com Jiraiya; enquanto treinava a quebra de genjutsu, Naruto acidentalmente liberou seu chakra e criou um enorme Rasengan.[2]

Essa variante consiste em utilizar do mesmo conceito de comprimir chakra em alta rotação na palma da mão, porém acrescentando ainda mais chakra. Por conta do chakra adicional acrescentado, a técnica cresce em densidade e a esfera libera toda a energia durante o contato, garantindo um poder destrutivo superior ao do Rasengan convencional.[1]

Inicialmente, Naruto precisava do auxilio de um clone para formar e empunhar a esfera.[3] Conforme suas habilidades melhoram ele torna-se capaz de empunha-lo com apenas uma mão e até mesmo formá-lo sem a ajuda de um clone.[4]

Variações em Escala

No decorrer da história, viu-se a necessidade de causar maiores danos para confrontar inimigos mais poderosos, o que levou os usuários dessa técnica a produzir variantes de maior escala com um custo de chakra superior. Embora essas variantes possuam nomes distintos, são todas reconhecidas como "Grande Bola Rasengan".

Arte Sábia: Grande Bola Rasengan (仙法・大玉螺旋丸, Senpō: Ōdama Rasengan)

Senpō Ōdama Rasengan.png

Essa é uma versão da Grande Bola Rasengan utilizada por Naruto com o auxílio de seu Modo Sábio dois clones das sombras. A técnica comum requer que Naruto faça um clone para formar o ataque e, em seguida, empunhá-lo. Essa variante no entanto, permite que ele crie dois clones para que ele forme o ataque nas mãos de ambos, que o empunham por si mesmos. É maior que sua forma inicial e foi capaz de explodir as invocações de Pain no alto.

Ultra-Grande Bola Rasengan (超大玉螺旋丸­ Chōōdama Rasengan)[5]

Choodama Rasengan.png

Em um instante, o usuário cria um Rasengan de proporções gigantescas, maior que seu próprio corpo. Quando utilizado, uma grande onda de choque é liberada e pode varrer um shinobi desavisado para longe.[6] Com as melhorias concedidas pelo Modo Sábio, ele é chamado de Arte Sábia: Ultra-Grande Bola Rasengan (仙法・超大玉螺旋丸, Senpō: Chō Ōdama Rasengan) e, seu poder é aumentado de tal força que, quando ao ponto de explodir, poderia destruir uma montanha inteira.[5]

Super-Ultra-Grande Bola Rasengan (超超大玉螺旋丸­ Chōchōōdama Rasengan)

Super-Ultra-Grande Bola Rasengan.png

Ele se inicia como um Rasengan convencional, porém com o acrescimento constante de chakra, ele cresce de forma exponencial até atingir proporções hiperbólicas que superam em muitas vezes a Ultra-Grande Bola Rasengan. É especialmente eficaz contra oponentes que absorvem chakra, sobrecarregando-os.[7]

Devido a enorme quantidade de chakra gasto, Naruto usou essa técnica enquanto em seu Modo Kurama combinado com senjutsu.[7] Momoshiki, que estava sobre o controle do corpo de Boruto, também foi capaz de utilizá-la após absorver uma quantidade considerável de chakra de Naruto, que estava adormecido.[8]

Outras Mídias

  • Em Naruto Shippūden: Ultimate Ninja Storm 3, Naruto utiliza uma variante dessa técnica chamada de Grande Bola Rasengan: Canhão (大玉螺旋丸・砲, Ōdama Rasengan: Hō, Bandai: Rasengan Massivo: Canhão), semelhante à Esfera de Absorção Espiral, em que ao invés de agarrar o oponente e puxar contra a Grande Bola Rasengan, ele leva com seus braços de chakra a Grande Bola Rasengan contra o oponente, causando a impressão de ser uma bala de canhão sendo atirada.

Curiosidades

Veja Também

Referências

  1. 1,0 1,1 Terceiro Databook, página 228
  2. Naruto: Shippūden episódio 188
  3. Naruto capítulo 260, página 10
  4. Naruto capítulo 561, página 13
  5. 5,0 5,1 Terceiro Databook, página 285
  6. Naruto capítulo 560, página 9
  7. 7,0 7,1 Boruto: Naruto Next Generations capítulo 33, páginas 17-30, 34-39
  8. Boruto: Naruto Next Generations capítulo 43, página 27-34
  9. Boruto: Naruto Next Generations capítulo 33, páginas 34-39
  10. Boruto: Naruto Next Generations capítulo 43, páginas 34
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.