FANDOM


Gyūki (牛鬼, Gyūki), mais conhecido como Oito-Caudas (八尾, Hachibi), é um dos nove Bijū. Ele está em posse de Kumogakure há décadas, onde foi selado em muitos jinchūriki. Seu jinchūriki mais recente, e o primeiro a ter algum sucesso em cooperar com ele, é Killer B.

Personalidade

Gyūki é caracterizado como um indivíduo difícil e sério. Ele usa 'ore' (オレ) quando se refere a si mesmo e muitas vezes fala em um dialeto um pouco rude. Além disso, Gyūki também é mostrado por ter uma boa capacidade analítica, como quando ele diz para Killer B que, se ele deixasse Ponta e Sabu e corresse para longe deles, Kisame e sua cúpula de água iriam segui-lo e eles (Sabu e Ponta) seriam libertados. Com relação ao seu relacionamento com os outros Bijū, Gyūki menciona que ele e seus irmãos não gostavam de Kurama por seu hábito de classificar sua força com base no seu número de caudas.[2] No entanto, ele insiste que não havia razão para não ajudar Naruto em conseguir controlar o poder de Kurama, insinuando um lado benevolente.[3] Desde então, tanto Gyūki como B têm demonstrado gostar de Naruto.

No passado, Gyūki era visto como infame por Kumogakure por ele ser selvagem e violento, como ele causava incontáveis carnificinas ​​sempre que os seus ex-jinchūriki perdiam o controle dele. Isto provavelmente é devido à sua aversão contra os seres humanos por prendê-lo e selá-lo várias vezes. Gyūki continuou sendo assim até que foi selado dentro de B, que mais tarde conseguiu mudá-lo depois que ele o venceu em um combate mano-a-mano. Desde então, o relacionamento de Gyūki com B tornou-se mais tranquilo, com B, até mesmo sentando em cima de seu focinho enquanto conversa com ele. No entanto, B tende a irritar Gyūki com efeitos cômicos, como o seu comportamento descontraído, que muitas vezes é acompanhado com a tendência pateta de B, o que causa ainda mais irritação em Gyūki para com seu hospedeiro.

Como resultado, Gyūki não deixa de falar mal de B e também é conhecido por repreendê-lo em ocasiões sérias. Isso foi visto quando Gyūki criticou B durante sua luta com Kisame quando ele deveria estar completamente focado em seu oponente, e mais tarde, quando ele comicamente bate na cabeça de B, quando este começou a falar de uma forma pervertida como os receptores de chakra de Yugito foram incorporados em seu peito esquerdo. Devido a isso, Gyūki parece ser muito mais expressivo do que B, além de ser mais responsável. No entanto, Gyūki possui uma ligação muito forte com B, pois mesmo depois de ter sido extraído de seu jinchūriki, o Bijū cortou um pedaço de si mesmo para ajudar a sustentar a vida de B. Após ser libertado de dentro de Kaguya, Gyūki expressou o desejo de voltar para B, notando que tinha se acostumado com seu rap horrível e que se sente estranho se não o ouvir.

Embora seu relacionamento com o antecessor de B, B Azul, fosse desconhecido no mangá, além do fato de que Gyūki iria atacar o "buraco" no coração de B Azul e assumir o controle sobre ele, no anime, Gyūki afirmou que tinha grandes esperanças com ele, indicando que ele não tinha qualquer má vontade para com seu ex-hospedeiro.[4]

Aparência

A corta o chifre do Hachibi

O chifre de Gyūki sendo cortado por A.

Gyūki é um ushi oni com quatro longos chifres em sua cabeça, semelhante aos de uma ovelha Jacob. Como todos os bijū, Gyūki é uma criatura extremamente grande (com o mesmo tamanho da Lula Gigante), tanto que supera florestas inteiras, além de torres, formações rochosas e edifícios. A parte inferior de seu chifre esquerdo foi cortada em uma batalha contra o Raikage A, e os do lado direito foram destruídos pela sua própria Bola da Besta com Cauda à queima-roupa, durante sua luta contra o Jūbi. Ele também tem dentes retos, um dos quais foi arrancado durante a Bola da Besta com Cauda à queima-roupa. Ele tem uma estrutura muscular superior, com os braços curvados para trás semelhante a um bisão-americano, com saliências pontiagudas nos cotovelos e mãos com polegares opostos, como os de um ser humano. Gyūki não possui patas traseiras, em vez disso, sua metade inferior é composta por suas caudas, que consistem em oito tentáculos que lembram os braços cefalópodes de um polvo. Estas caudas voltam a crescer no caso delas serem cortadas. Durante os últimos dias restantes do Rikudō Sennin, Gyūki era menor e seus chifres eram muito mais curtos.[5]

História

Passado

Rikudo Sennin e os Bijuu

Os jovens Bijū com o Rikudō Sennin.

Gyūki surgiu nos últimos dias do Rikudō Sennin, quando ele usou a Criação de Todas as Coisas para separar o chakra do Jūbi de seu corpo e dividi-lo em nove criaturas separadas, a fim de garantir que ele nunca mais iria ressurgir depois de sua morte.[6][7] Algum tempo depois de ser criado, o Sábio sentou-se com todos os jovens bijū ao seu redor, e diz para eles que eles sempre estariam juntos, mesmo quando separados, e que um dia eles se tornariam uma entidade novamente com nomes diferentes, bem como um comportamento diferente do que eles foram um dia, quando chegasse a hora de eles entenderem o que é o verdadeiro poder.[5]

Raikage vs Gyuki

Gyūki e o Terceiro Raikage batalhando.

Gyūki eventualmente caiu em posse de Kumogakure. No entanto, sua ferocidade era tão grande que nenhum dos seus ex-jinchūriki - como Fukai, seu tio e seu pai antes dele - não poderam controlá-lo. Eles perderam o controle e Gyūki começava sua carnificina, destruindo a aldeia e matando muitos moradores, exigindo que o Terceiro Raikage formasse uma coalizão especial para subjugar e selá-lo na Kohaku no Jōhei. Durante um dos seus ataques, o Terceiro lutou no mano-a-mano contra Gyūki, até que ambos desabaram de exaustão. Em outra, Gyūki teve um de seus quatro chifres cortado por A, o chifre que ele usou para matar o pai de Motoi. No anime, a perda de controle de Fukai foi mostrado ter sido orquestrada por Orochimaru, que deu a Fukai pílulas indutoras de genjutsu para extrair Gyūki. Devido às pílulas, Gyūki não tinha nenhuma lembrança do massacre.[4]

Gyūki foi eventualmente selado dentro de Killer B, que tinha cinco anos na época,[8] através do Selo da Armadura de Ferro.[9] B, mais tarde, conseguiu dominar e controlar Gyūki após um treinamento rigoroso dentro da Cachoeira da Verdade.[10]

Em algum momento no passado, um shinobi de Kumogakure tentou imitar os Irmãos Ouro e Prata ao comer um dos tentáculos de chakra de Gyūki na esperança de ganhar seu poder como um Jinchūriki, mas morreu no processo.[11]

Parte II

Arco Invasão de Pain

Suigetsu Vs Killer Bee

Gyūki contra Suigetsu.

Quando a Taka chega em Kumogakure na tentativa de capturar Killer B, ele luta com uma atitude aborrecida. Com seu grande controle sobre seu bijū, Killer B se transforma em Gyūki, e começa a aterrorizar os Taka. Quando Gyūki ataca, Suigetsu cria uma onda de água na tentativa de derrotá-lo. Ao perceber que Suigetsu tinha a vantagem, uma vez que eles estavam cercados por água, Gyūki cria uma Bola da Besta com Cauda e a dispara em Suigetsu, derrotando-o.

Após Sasuke ativar seu Mangekyō Sharingan e lançar o Amaterasu em Gyūki, ele cai em dor por causa das chamas. Como uma de suas caudas estava prestes a cair em Karin, Sasuke a corta com a Lança Afiada de Chidori. Killer B se disfarça na parte da cauda que é cortada e consegue escapar. Killer B é, em seguida, aparentemente capturado pela Taka e é entregue a Tobi. O irmão de Killer B, o Quarto Raikage, ao saber disso jura que irá fazer a Akatsuki pagar pelo que tinha feito.

Mais tarde é revelado que B forjou a sua captura. Após a Taka ir embora, ele e Gyūki deixam o lago e Killer B aproveita a oportunidade para tirar umas "férias" de ser um guardião. Como Gyūki comenta que uma nova era estava por vir, B pensa que seria sua carreira de cantor.

Arco Reunião dos Cinco Kage

Quando Kisame começa a lutar contra Killer B, Gyūki fala para B deixá-lo sair. No entanto, B o lembra que ele iria apenas acabar matando Sabu e Ponta no processo de se proteger. Com isso, Gyūki sugere que B use a versão 2 e também começa a dar conselhos à B durante a batalha. No entanto, quando Kisame consegue desacordar B, Gyūki grita para ele acordar, porém, assim como B ele também estava quase sem chakra. Quando Kisame se prepara para terminar a batalha, o Raikage e seus guarda-costas chegam e ajudam B a matar "Kisame".

Arco Confinamento dos Jinchūriki

B ataca a lula gigante

B em sua forma completa do Hachibi ataca a lula gigante.

Quando Naruto Uzumaki e Yamato chegam ao País do Relâmpago, num esforço da Aliança Shinobi para manter os jinchūriki longe da Akatsuki, eles são atacados por uma lula gigante. Killer B, em sua forma completa do Hachibi, consegue afastar a lula e salva o navio. Ao vê-lo, Naruto percebe que Gyūki e B eram o "polvo" que ele estava procurando para guiá-lo para conseguir controlar o poder de Kurama. Ele pede para B treiná-lo, mas B recusa. Depois que B faz um treinamento com alguns ursos na floresta, Gyūki tenta convencer B para treinar Naruto, afirmando que, mesmo ele não gostando de Kurama, ele ainda pensa que B deve treiná-lo, uma vez que ambos são jinchūriki.

Arco Guerra Mundial Shinobi

Quando Naruto não consegue se transformar totalmente em Kurama, Gyūki pede para B deixá-lo falar com Naruto. Ele explica os riscos do uso do chakra Bijū, e que ao usá-lo significava que Kurama poderia esgotar o chakra de Naruto, porque quando Naruto usa o chakra de Kurama, ela pode absorver o seu. Ele explica a Naruto que ele não será capaz de se transformar completamente até que ele possa chegar a um acordo com Kurama, o que ele considera improvável, observando que ele e B costumavam ser assim. Ele também diz que por causa disso, ele não vai ser capaz de aprender a Bola da Besta com Cauda. Ao terminar, B muda de volta para seu estado normal.

Gyūki mais tarde fica surpreso com a forma como Naruto foi capaz de sentir o chakra vindo de Kinkaku e Ginkaku, apesar da proteção do lugar de treinamento e então diz a B para não deixar Naruto sair do templo, mas falha, como Naruto consegue enganar B para deixá-lo sair . Mais tarde, depois que B e Naruto encontram Nagato e Itachi Uchiha no campo de batalha, uma batalha começa e Itachi prende Killer B em um genjutsu. Gyūki quebra o genjutsu para B, dizendo para ele "sair dessa".

Mais tarde ele repreende B por fazer pausas demais para urinar e por deixar Naruto ir à frente deles. Quando eles são contatados por Naruto através Inoichi, ele pergunta a Gyūki sobre a luta dele contra o Terceiro Raikage. Quando perguntado sobre a cicatriz do Terceiro, que inicialmente pensou que tinha causado a cicatriz com sua Bola da Besta com Cauda, mas depois se lembra que ambos acabaram desabando de cansaço durante a batalha, com suas respectivas técnicas ainda ativadas. Mais tarde, quando Naruto e Killer B encontram Tobi e seus Seis Caminhos da Dor, Gyūki reconhece Yugito Nii entre eles e descobre que os outros são os outros Jinchūriki falecidos. Após o ataque inicial dos Jinchūriki mortos, ele adverte B para ter cuidado, ou ele vai acabar como eles.

B transforma-se em Gyūki

B se transforma em Gyūki para destruir a floresta.

Após os Jinchūriki reencarnados entrarem em suas formas Bijū, Gyūki diz a um Killer B confuso, que Tobi deve ter transformado eles de volta em Jinchūriki após revive-los. Como B dirige-se para atacá-los, Gyūki diz para ele ter cuidado, pois ele sentiu uma mudança nos outros bijū. Depois de escapar do ataque de Yugito, Gyūki supõe que, com a ajuda do Sharingan e o Rinnegan, as habilidades dos Jinchūriki tinham sido bastante reforçadas. Ele pede para falar com Naruto, assim eles começam a formular uma estratégia de combate. Depois que B revela a localização dos receptores de chakra e da tentativa fracassada de Naruto em destruir o receptor de Rōshi, Gyūki diz para B que a floresta era um obstáculo para eles e, como tal, B sabia o que tinha que fazer. Com isso B assume a forma de Gyūki, preparado para destruir toda a floresta. Nesta forma, ele ataca os Jinchūriki reencarnados com o Bijū Hachimaki, incapacitando-os, e tenta selá-los. Seus adversários, no entanto, entram em suas respectivas "versão 2", libertando-se e começando a atacar Naruto e B. O último agarra um Utakata transformado, que entretanto se liberta escorrendo um líquido alcalino. Em seguida, B é atacado pela lava de Rōshi por baixo e, em seguida nocauteado por um Han totalmente transformado em Kokuō.

Quebra de Chifre

Gyūki sendo ferido por Kokuō.

Após B e Gyūki perguntarem um ao outro se estavam bem, eles perguntam a Naruto se ele ouviu a voz de Kokuō. Em seguida, ele declara que os Bijū tem suas próprias emoções e ver um dos seus tratado dessa maneira irritava ele. Kurama, no entanto, retruca que os shinobi sempre trataram os Bijū como animais de estimação e que ele e B eram as únicas exceções, fazendo Gyūki refletir sobre sua declaração. Depois de ser interrompido de revelar o que estava acontecendo com Kurama, Gyūki então repreende a besta por sempre classifica-los com base no número de caudas que possuíam, algo que Shukaku odiava. Quando Naruto decide reativar o Modo de Chakra do Nove-Caudas e não seguir o conselho de B em usar o Kage Bunshin no Jutsu, Gyūki diz a B que Naruto deveria estar em um estado crítico depois de usar muito do chakra da besta, levando Gyūki a acreditar que ela havia parado de absorver o chakra de Naruto em algum ponto. Quando Gyūki pede para Kurama dizer sobre o que aconteceu entre os dois, a raposa se ​​lembra das palavras de Naruto em remover seu ódio, bem como sua declaração de que ter a raposa selada dentro dele não era tão ruim.

Hachibi prende Tobi

Hachibi prende Tobi.

Após se levantar, Gyūki tenta impedir Son Gokū de engolir Naruto, envolvendo seus tentáculos ao redor da besta. Gyūki suplica para Kurama emprestar o seu poder a Naruto, como fez com um de seus clones. Kurama, no entanto, afirma que ela não iria abanar suas caudas em um Jinchūriki da mesma forma que Gyūki fez com B, fazendo Gyūki questionar se Kurama se importava com tudo o que aconteceu com Naruto. Gyūki depois assiste com horror Naruto sendo engolido pelo grande macaco. Depois de Naruto remover com sucesso o receptor de chakra, Gyūki assiste com choque o Bijū sendo selado de volta na Estátua Demoníaca do Caminho Exterior em um piscar de olhos. Ouvindo Naruto dizer para ele e B ficarem prontos, Gyūki diz que ele e B iriam tomar a linha de frente, enquanto Naruto atuaria como apoio, porque ele ainda não era capaz de se transformar em Kurama. Depois de Naruto dizer que ele ficaria bem, porque eles eram um par de duplas, Gyūki se espanta ao ver Naruto finalmente se transformar em Kurama.

Hachibi salva Naruto

Gyūki pára Isobu.

Quando Naruto se transforma em Kurama, Gyūki fica chocado em ver que ela finalmente decidiu colaborar com Naruto. Pulando em ação para ajudar Naruto, que já estava lutando contra cinco Bijū inimigos, B usa as caudas de Gyūki para parar Isobu que tenta atacar o ponto cego de Naruto. Batendo simultaneamente em Kokuō, B diz que o mesmo ataque não funciona duas vezes. Quando Isobu liberta-se dos tentáculos do animal, ele assiste em choque os cinco Bijū prepararem uma Bola da Besta com Cauda colaborativa e pergunta se Naruto estava planejando revidar o ataque com sua própria Bola da Besta com Cauda, embora ele nunca tivesse usado antes.

Gyuki e Naruto socam o Gedo Mazo

Gyūki e Naruto lutando contra a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior.

Quando as duas Bola da Besta com Cauda colidem, B agarra o corpo de Rōshi e se protege dos efeitos dos ataques. Depois de Naruto libertar com sucesso todos os Bijū restantes, Gyūki o parabeniza. Mais tarde, quando Naruto zomba de Tobi com a informação que ele tinha acabado de descobrir, B e, por extensão, Gyūki olham sorrindo. Enquanto a batalha continua, B e Naruto lançam um ataque combinado sobre a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior com um gancho duplo, fazendo a estátua cair no chão após os ataques de Kakashi Hatake e Might Guy o atingirem respectivamente. Gyūki depois olha Tobi aparentemente se preparando para reviver o Jūbi. Depois de ouvir o discurso de Naruto sobre seus sonhos, B revela seus desejos sexuais - fazendo Gyūki ficar envergonhado com seu hospedeiro.

Arco Renascimento do Dez-Caudas

Gyuki ataca o Gedo Mazo

B atacando a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior.

Enquanto os shinobi se reagrupavam para discutir sobre o corte na máscara de Tobi, Gyūki usa a oportunidade para atacar a estátua. Movendo-se com um soco, ele declara que a estátua estava com a guarda aberta. No entanto, seu ataque é desviado pela Formação da Chama Uchiha de Tobi, que queima sua mão. Dizendo para Naruto que sua mão estava bem, Gyūki se prepara para lançar a estratégia que Kakashi tinha desenvolvido. Segurando todos os shinobi em suas mãos, Gyūki joga o trio em direção a Tobi. Quando eles se reagrupam depois que o braço de Tobi é atingido por um ataque aparentemente invisível, B ouve a explicação da técnica de Tobi por Kakashi e depois pergunta se todos os Jikūkan Ninjutsu compartilham a mesma dimensão. Quando Kakashi diz que não, B diz para Naruto que ainda não seria fácil acertar um ataque em uma pessoa intangível. Quando Kakashi afirma que sua crença de que Tobi estava se tornando intangível estava incorreta, B pergunta mais uma vez, como é possível que o Sharingan dos dois compartilham a mesma dimensão. Com Gyūki preso pelos receptores de chakra gigantes de Tobi, o animal fica chocado ao ver Madara chegar no campo de batalha. Quando Naruto questiona Madara sobre o que havia acontecido com os Kage, Gyūki supõem que se ele estava aqui, então os Kage deveriam estar em uma situação ruim. A besta depois agradece Naruto por libertá-lo das estacas. Enquanto a batalha com Madara se seguia, Gyūki é aparentemente derrubado no chão, levando-o a comentar sobre o poder de Madara. Quando um Guy ferido diz que era por isso que valia a pena lutar com Madara, a besta diz que ele não deve animar-se tanto.

Gyuki ataca o Jubi

Gyūki embosca o Jūbi com uma Bola da Besta com Cauda.

Enquanto a batalha é travada, a besta e Guy são contidos por Madara, porém, antes do Uchiha poder dar o golpe final, ele é interceptado por Naruto. Depois de Guy usar o Tigre Diurno, mandando o ninja lendário voando para longe deles, Gyūki observa que Guy não estava apenas agindo animadamente. Depois de ficar livre de suas restrições, Gyūki adverte Naruto de que a madeira podia suprimir o poder de um Bijū, antes de virar a sua atenção para a estátua. Formando uma Bola da Besta com Cauda colaborativa com Naruto, Gyūki dispara na estátua e acredita que ela foi destruída. Sua celebração, no entanto, é interrompida quando a fumaça se dissipa e o Jūbi aparece no campo de batalha. Questionando Kurama se ela realmente queria lutar contra o que estava diante deles, o ushi-oni ouve a raposa dizer que se esconder não ajuda em nada. Ao lado de Kurama, que toma o controle da situação, os Bijū são atacados pelo Jūbi antes que pudessem seguir com sua estratégia. Eles lançam uma Rajada de Bijūdama na besta, mas seu ataque é frustrado pelo Jūbi e quando a fumaça se dissipa, Gyūki havia sumido. Mais tarde é revelado que ele foi deformado por Kakashi que o libera acima do Jūbi e se prepara para lançar uma Bola da Besta com Cauda a-queima-roupa na besta. Depois do Jūbi jogar a Bola da Besta com Cauda de volta para Gyūki, Kurama consegue salvar tanto Gyūki como B antes de ambos os Bijū ficarem sem energia e começarem a se recuperar, a fim de recuperar os seus poderes.

B para o Dez Caudas

Gyūki se prepara para atacar o Jūbi com uma Bola da Besta com Cauda.

Tendo gerado chakra o suficiente, Gyūki e B saltam em ação para proteger os shinobi de uma Bola da Besta com Cauda que o Jūbi ia lançar em direção a eles. Agora, totalmente transformado, B imprudentemente coloca a cabeça de Gyūki dentro da boca do animal e lança sua própria Bola da Besta com Cauda, fazendo ambos os ataques detonarem dentro do corpo da besta, fazendo-a cair e se contorcer de dor.

Como o manto de chakra que estava os protegendo se dissipou, além de Naruto estar sendo curado e Kurama reunindo mais chakra, B e Gyūki dizem que é tempo para eles tomarem o centro do palco mais uma vez para conseguir algum tempo para Naruto e Kurama se recuperarem, Gyūki observa que o Jūbi se tornará incontrolável se ele passar para sua transformação final. Com a estratégia de Shikamaru iniciada e os shinobi começarem a construir paredes de barro - ainda que frágeis - , B intercede e tenta jogar o ataque para outra direção. No entanto, quando nenhum de seus esforços combinados aparentemente estavam funcionando e a situação estava ficando mais perigosa, a Aliança é salva pela chegada do Quarto Hokage, sem o conhecimento deles, enquanto B olha perplexo que o ataque havia aparentemente desaparecido.

Quando Obito surge dentro da barreira, algum tempo depois de selar a besta dentro de si, B pergunta à Gyūki se essa é ou não a forma final da besta. Gyūki diz a ele que não é, e que a partir de todas as aparências, parece que o animal foi selado antes de chegar a sua forma final. Quando B pergunta se Gyūki pode sentir o chakra Yin e Yang de Kurama, Gyūki observa que não é apenas o chakra de Kurama. Quando Obito cria uma réplica da forma verdadeira do Jūbi, o Shinju, suas raízes começam a perseguir e absorver o chakra de todos em seu caminho. Em última análise, apesar de desgastado, B é capaz de destruir as raízes que o perseguiam com a ajuda da Samehada. Mais tarde, Naruto, com a ajuda de Sasuke e dos 11 de Konoha, acertam um golpe devastador contra Obito, forçando o chakra de todos os Bijū a saírem de seu corpo. B, em seguida, pega o chakra de Gyūki enquanto Naruto, Gaara e o resto da Aliança Shinobi puxam o chakra dos outros Bijū para fora do corpo de Obito, afim de evitar que a flor em cima da árvore floresça.

Arco Final

Após evacuar os shinobi feridos para longe do campo de batalha, Gyūki e os outros Bijū se juntam a Naruto e Kurama para atacarem Madara, mas o Uchiha sobrevive aos ataques e recua para uma distância segura. Depois de ele receber seu próprio olho Rinnegan direito de um clone de Zetsu Branco, Madara rapidamente invoca a Estátua Demoníaca do Caminho Exterior do corpo de Obito, e usa o Rinnegan para repelir os Bijū. Com os Bijū atordoados, Madara então passa a acorrentá-los e se prepara para remover Kurama Yang e Gyūki de seus jinchūriki. Lutando contra seus limites, Gyūki pede desculpas para B, uma vez que ele é extraído e selado dentro da estátua, juntamente com os outros Bijū, mas não antes de cortar um de seus tentáculos, deixando B sobreviver através do chakra dentro dele.

As Bestas reunidas

Os Bijū se reúnem com Naruto e Hagoromo.

Mais tarde, depois de Madara conseguir se tornar o jinchūriki do Jūbi, um Obito reformado consegue roubar uma parte do chakra de Gyūki, juntamente com uma parte do chakra de Shukaku. Obito então sela a metade Yin de Kurama em um Naruto moribundo para salvar a sua vida, além de também selar parte do chakra de Gyūki e Shukaku em Naruto. Dentro do subconsciente de Naruto, Gyūki, Shukaku e Kurama Yin encontram-se com o shinobi de Konoha e conversam com o espírito de Hagoromo Ōtsutsuki. Eles expressam sua convicção unânime para o Sábio de que Naruto é a criança da profecia. Os outros seis Bijū, em seguida, se manifestam para participarem da reunião.

Chibaku Tensei (Sasuke Uchiha)

Gyūki e os outros Bijū são selados no Chibaku Tensei de Sasuke.

Em última análise, Kaguya Ōtsutsuki, que havia tomado o controle de Madara, é derrotada por Naruto Uzumaki e Sasuke Uchiha e selada com o Rikudō Chibaku Tensei. Todas as bestas são ejetadas da estátua e, em seguida, todos eles são invocados de volta à dimensão normal por Hagoromo e os Kage anteriores. Após os Kage do passado retornarem para a vida após a morte, os Bijū começam a discutir os seus planos para o futuro, agora que eles estão finalmente livres, com Gyūki manifestando seu desejo de retornar ao interior de Killer B. Sasuke no entanto revela seus planos verdadeiros. Desejando matar os atuais Kage e assumir o controle sobre os Bijū para concluir o seu plano de revolucionar o mundo shinobi, utilizando rapidamente seu Rinnegan. Com os Bijū subjugados por seu genjutsu, Sasuke então os sela dentro de seu Chibaku Tensei. Mais tarde, depois de Naruto ser capaz de derrotar e reformar Sasuke, Gyūki, assim como desejava, retorna para B, sendo selado dentro de seu parceiro.

B conversando com Gyuki

Gyūki dentro de B mais uma vez.

Anos mais tarde, B reclama sobre como ele está entediado e, como tal, talvez ele deva ir e ver o que Naruto está fazendo, apenas para Gyūki notar que Naruto está ocupado, ao contrário de B.

Habilidades

Bijudama (Gyuki)

Gyūki usando a Bola da Besta com Cauda.

Com a sua maciça quantidade de chakra, Gyūki é capaz de usar a Bola da Besta com Cauda, bem como atirá-la em rápida sucessão em um alvo.[12] Uma única Bola da Besta com Cauda dele pode penetrar nove das 36 barreiras, mesmo sem explodir.[13] Apesar de seu enorme tamanho, seus chifres são incrivelmente nítidos, juntamente com a sua força física maciça, Gyūki é capaz de facilmente empalar um ser humano.

Durante a batalha de Naruto com Kurama dentro de seu subconsciente, é demonstrado que Gyūki tem força o suficiente para temporariamente reter e conter uma Bola da Besta com Cauda direta de Kurama, mas depois é eliminado da batalha por causa disso. Sua força é tão grande que ele é capaz de parar Isobu em pleno movimento usando apenas seus tentáculos e atacar Kokuō ao mesmo tempo.[14][15] Ele é capaz de suportar ser queimado pelo Amaterasu por uma quantidade considerável de tempo, e continuou lutando depois de ter sido chifrado por Kokuō e atacado por Son Gokū, bem como ser capaz de sobreviver à sua própria Bola da Besta com Cauda. Seus tentáculos oferecem vários apêndices adicionais com os quais ele é capaz de interagir com o ambiente e atacar seus oponentes, mas eles também são facilmente cortados. Mesmo com seu imenso tamanho, ele tem mostrado um alto nível de velocidade quando ele ataca,[16] e até mesmo rápido o suficiente para bloquear o Amaterasu com o seu punho.[17] Indo com seu tema polvo, ele também pode produzir tinta para cegar seus adversários, bem como criar clones de tinta para prender os inimigos. Ele também pode gerar furacões enormes que podem destruir uma floresta inteira com facilidade.[18]

Gyūki é mostrado ser muito inteligente, explicando a mecânica da Bola da Besta com Cauda para Naruto, as fraquezas de seu Modo de Chakra do Nove-Caudas, bem como apontando que até ele e Kurama não chegarem a um acordo formal, Naruto não será capaz de se transformar completamente ou realizar a Bola da Besta com Cauda. Gyūki até mesmo ensinou para B as táticas sobre como combater as técnicas Liberação de Água de Kisame, durante a luta deles. Ele também é muito perspicaz como ele notou mais tarde que os Irmãos Ouro e Prata foram revividos, depois de testemunhar que Naruto sentiu o chakra de Kurama vindo de fora do local de treino que ele e B foram confinados, além de deduzir corretamente que a Invocação: Reencarnação do Mundo Impuro de Orochimaru estava sendo usada por alguém na guerra.

Atividade dentro de Killer B

Ver artigo principal: Formas Jinchūriki de Killer B

Como ele tem total controle sobre Gyūki e é seu Jinchūriki, Killer B, pode se transformar em Gyūki e acessar o seu chakra de alto nível, sem perder o controle. Killer B é um dos três jinchūriki que são conhecidos por serem capazes de controlar totalmente o poder de seu Bijū. Gyūki até mesmo atua como seu parceiro durante as batalhas, perturbando o seu chakra para quebrar ilusões, até mesmo provenientes do Mangekyō Sharingan, assim como dar conselhos a B quanto à forma de lutar contra seus oponentes.

Curiosidades

  • Gyūki é uma pronúncia alternativa para o nome do ushi-oni(牛鬼)
  • No folclore japonês, um ushi-oni (牛鬼, boi ogro) é um enorme e brutal monstro marinho com a cabeça de um touro com chifres e corpo de um animal do mar, como um polvo ou um caranguejo. Ele vive nas costas do Japão e ataca os pescadores.
  • Gyūki é o Bijū com o maior número de jinchūriki conhecidos, a maioria dos quais são também da mesma família.

Referências

  1. Quarto Databook, páginas 148-151
  2. Naruto capítulo 567, página 11
  3. Naruto capítulo 493, página 7
  4. 4,0 4,1 Naruto: Shippūden episódio 318
  5. 5,0 5,1 Naruto capítulo 572, páginas 10-11
  6. Naruto capítulo 467, páginas 15-16
  7. Naruto capítulo 510, páginas 11-12
  8. Naruto capítulo 494, páginas 1-6
  9. Naruto capítulo 496, página 7
  10. Naruto capítulo 492, páginas 15-16
  11. Naruto capítulo 529, página 4
  12. Naruto capítulo 610, página 11
  13. Naruto capítulo 536, páginas 9-10
  14. Naruto capítulo 496, páginas 15-16
  15. Naruto capítulo 497, páginas 2-4
  16. Naruto: Shippūden episódio 143
  17. Naruto capítulo 415, página 2
  18. Naruto capítulo 566, páginas 1-4

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Gyūki

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.