FANDOM


Haruna (ハルナ, Haruna) é a daimyō do País dos Vegetais, que substituiu seu pai depois que ele foi assassinado.

Personalidade Editar

Em uma idade jovem, Haruna não confiava em ninguém depois de ser levada como refém. Ela encontra a necessidade de usar outras pessoas, a fim de reviver seu país. Isso é mostrado quando ela tentou usar as crianças e os idosos como uma distração para os Janin que estavam atrás dela. Ela pode ser insensível e cruel como ela não se preocupa com ninguém, só consigo mesma, a fim de permanecer viva como quando ela nocauteou Hinata. Embora ela tentasse ser uma pessoa dura exteriormente, ela era muito triste, magoada e confusa. Ela pode ser bastante inteligente como ela pensou em um plano para usar os vendedores ambulantes como um distração.

História Editar

Passado Editar

Ela tinha sido mantida como refém durante grande parte da sua infância, isolada e sob constante vigilância. Seu pai tinha feito isso, a fim de garantir o bem-estar do País dos Vegetais, mas mais tarde veio a se arrepender de sacrificar Haruna para esta finalidade. Como resultado de seu isolamento e sentimento de traição, Haruna passou a ver que o sacrifício é inevitável, e acredita que, mesmo que muitos de seus súditos sejam sacrificados, sua segurança é tudo que importa para ela e para o país.

Parte I Editar

Missão de Escolta dos Comerciantes Editar

Artigo principal: Missão de Escolta dos Comerciantes

Haruna disfarçada de shun

Haruna disfarçada como "Shun".

Alguns anos mais tarde, três ninjas deram um golpe no País dos Vegetais, forçando Haruna a fugir do país, com a esperança de ganhar simpatia internacional em uma tentativa para recuperar seu trono. Ela viajou com Kikunojō e Yurinojō, disfarçada como parte de uma caravana para evitar ser atacada, e mudou sua aparência para assumir o papel de jovem doente chamado Shun, primo de um de seus guarda-costas, a fim de impedir que as pessoas questionassem sua identidade. Naruto Uzumaki, Hinata Hyūga e Chōji Akimichi são contratados sob o pretexto de ajudar os comerciantes à movimentar suas mercadorias em uma missão de rank D, mas eles descobrem o verdadeiro propósito da missão após a morte de Kikunojō em sua batalha contra Ruiga.

Apesar de sua raiva por ter sido mal informado, o grupo de Naruto concorda em proteger a princesa, enviando os comerciantes para um local seguro após derrotarem o primeiro dos ninjas. Haruna se recusa a confiar neles, indo tão longe a ponto de deixar Hinata inconsciente para escapar sozinha, apesar das tentativas de Hinata para convencê-la de que Naruto também sofria de solidão. Haruna acaba caindo de um morro enquanto fugia, ficando inconsciente no processo. Naruto finalmente alcança Haruna e diz a ela que Hinata ficou gravemente ferida por lutar com Jiga. Quando Renga ataca, depois de capturar a princesa dos outros protetores, Haruna descobre que seu pai tinha lamentado em torna-la uma refém, e implora aos conspiradores para tratarem bem das pessoas. Os ideais de Haruna mudam, e ela se usa como um escudo para tentar proteger Naruto dos ataques de Renga.

Haruna é vista mais tarde no País dos Vegetais, desculpando-se no túmulo de Kikunojō. Aparentando ter, nesse meio tempo, desenvolvido sentimentos por Naruto, uma vez que ela lhe pede para ficar e ajudá-la a reconstruir o país, mas Naruto se recusa educadamente, devido à sua promessa de trazer Sasuke Uchiha de volta.

Curiosidades Editar

  • 'Haruna' (春菜) significa "legumes de primavera".
  • Sua personagem é muito semelhante a Koyuki Kazahana e Toki. Todas as três são daimyō, agiam disfarçadas, seus pais foram assassinados e sofreram uma tragédia que as fizeram agir de maneira fria para com outras pessoas até se encontrarem com Naruto. Todas as três aparentemente passaram a gostar dele também.
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.