FANDOM


Inari (イナリ, Inari) é um jovem cidadão do País das Ondas.

Personalidade Editar

A Família de Inari

Inari com sua família.

A princípio, Inari parecia ser uma pessoa muito difícil. No entanto, isto foi apenas uma fachada que ele criou para esconder a solidão que sentia desde a morte de Kaiza. Ele costumava passar a maior parte de seu tempo em seu quarto olhando para uma foto de seu pai, em conflito com os sentimentos que tinha de perda e raiva pela perda do homem que morreu protegendo seu pequeno país. Inari também tem sido descrito como controverso - normalmente ocupa uma posição de oposição em relação à maioria, não importa quão impopular seja. Depois de conhecer Naruto Uzumaki, a personalidade exterior de Inari começou a mudar. Quando lembrou de seu pai e suas crenças, Inari foi tão longe a ponto de mobilizar os moradores para ajudar o Time Kakashi a expulsar Gatō e os seus homens do País das Ondas, e até mesmo chorar quando Naruto teve que voltar para Konohagakure. Quando Naruto encontrou Inari vários anos mais tarde, ele parecia um jovem bem resolvido, se tornando aprendiz de seu avô.

Aparência Editar

Inari tem cabelos pretos espetados e olhos de cor escura. Quando criança, ele usava um macacão verde com uma camisa amarela e um simples par de sandálias. Ele também usava um chapéu listrado azul e branco, de onde normalmente ele olhava para as pessoas sob a aba. Antes disso, ele usava um macacão azul, sem chapéu. Quando adolescente, seus cabelos estavam um pouco maiores e vestia um traje semelhante ao de seu avô, que consiste em uma camisa de gola V cinza, sem mangas, um par de calças e uma toalha em volta do pescoço.

História Editar

Passado Editar

Kaiza e Inari

Inari após ser salvo por Kaiza.

Inari é filho de Tsunami e neto de Tazuna. Seu pai biológico morreu antes de chegar a conhecê-lo, mas ele passou a ter Kaiza como uma figura paterna. Kaiza assumiu um papel importante na vida de Inari e até mesmo se aproximou de Tsunami. Quando Gatō matou Kaiza, Inari mudou. Ele se tornou um menino triste e com revoltado, com pouca esperança ou otimismo. Ele culpou Kaiza pelo que tinha acontecido, acreditando que, ao morrer, tinha quebrado a sua promessa de proteger o país.[3]

Parte I Editar

País das Ondas Editar

A perspectiva de Inari é alterada depois que ele encontra Naruto Uzumaki, que também teve um passado difícil, mas aprendeu a lidar com isso. A vontade e preocupação de Naruto com os outros ajudaram Inari a perceber o poder da vontade sobre o destino, e que nenhum risco é muito grande para proteger algo precioso. Ele, portanto, pegou sua besta e reuniu os moradores da cidade, que passaram a se revoltar contra os homens de Gatō. Ele também tentou salvar sua mãe dos bandidos, teriam o matado, se não fosse por Naruto. Junto com Naruto e Kakashi Hatake, eles foram capazes de expulsar os bandidos de Gatō.

Parte II Editar

Reunião dos Cinco Kage Editar

Inari e Tazuna em Konoha

Inari e Tazuna ajudam na reconstrução de Konoha.

Tazuna e Inari (agora em sua pré-adolescência e aprendiz de seu avô), ambos foram a Konoha, depois de serem contratados como carpinteiros para ajudar na reconstrução da aldeia. Inari estava feliz em ver Naruto e Sakura novamente. Comentando sobre a aparência de Sakura, chamou-a de linda.

Inari e seu avô também perguntam sobre Sasuke, querendo dizer "olá" para ele. Ambos ainda desconheciam a deserção de Sasuke há 2-3 anos, e não percebem que é um assunto muito delicado para Naruto e Sakura. Vendo a reação de Sakura, Naruto mente pra ele, dizendo a Inari e Tazuna (sem muitos detalhes) que ele e Sasuke simplesmente tiveram uma briga e que Sasuke não estava na aldeia no momento, mas que logo ele iria trazer Sasuke de volta. Satisfeito, Inari e Tazuna saem para voltar ao trabalho. No anime, Inari promete a Naruto que o primeiro edifício que iria reconstruir seria o Ichiraku Ramen.

Período em Branco Editar

Kakashi Hiden: Relâmpago no Céu Gelado Editar

Artigo principal: Kakashi Hiden: Relâmpago no Céu Gelado Aproximadamente um ano depois da Quarta Guerra Mundial Ninja, durante a missão de Naruto e Sai no País das Ondas, Naruto encontra com Inari no Túmulo de Zabuza e Haku. Inari conta sobre o projeto no qual seu pai estava trabalhando: Tobishachimaru, um navio no ar que iria revolucionar a indústria de transporte. Apesar de ter expectativas em trazer grandes fortunas ao País das Ondas, Inari também acreditava que iria causar desemprego em massa. Naruto se lembrou das palavras anteriores de Garyō e, embora ele visse o problema causado, ele ainda não estava de acordo com o que Garyō estava fazendo.

Curiosidades Editar

  • Inari é o kami japonês da fertilidade, arroz, agricultura, raposas, indústria e sucesso do mundo na religião do xintoísmo. Inari é usado como masculino, feminino ou andrógino. Às vezes, é usado como um coletivo de três ou cinco kami individual. Ele é uma figura popular em ambas as crenças xintoístas e budistas no Japão. Raposas de Inari, ou kitsune, é branco puro e age como seus mensageiros.
  • Inari faz breves aparições no OVA A Grande Gincana de Konohagakure, como uma das pessoas aleatórias que fazem fila para o banheiro, e no episódio 161, no anime.
  • De acordo com o(s) databook(s):
    • Inari ajuda sua mãe a cozinhar em casa.
    • Seu hobby é olhar para fotografias.
  • No capítulo 11, Tazuna diz que Inari tem 10 anos de idade, enquanto o primeiro databook afirma que ele tem apenas 8 anos de idade.

Referências Editar

  1. Primeiro Databook, página 23
  2. Quarto Databook, página 23
  3. Naruto capítulo 20, páginas 4-19
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.