FANDOM


Karyū (カリュウ, Karyū) foi o chefe do Grupo do Trovão Negro. Sasuke o conheceu durante sua viagem de redenção pelo mundo.

Personalidade Editar

Karyū é descrito como uma pessoa vingativa, cruel, não mostrando misericórdia para com as pessoas que não estavam diretamente envolvidas em sua vingança. Sasuke observa que ele se parece com o seu antigo eu.

Karyū também mostrou uma obsessão por Sasuke, idolatrando-o como seu "mestre", embora ele também quisesse superá-lo ao matá-lo.

Aparência Editar

Karyū tinha o cabelo azul e os lábios visualmente decorados.[1]

História Editar

Passado Editar

Karyū veio de uma pequena aldeia no País do Relâmpago. Pelo fato dos membros de seu clã possuírem uma kekkei genkai, Kumogakure muitas vezes usava-os como ferramentas durante suas batalhas. Vendo que ele iria morrer como uma ferramenta, Karyū decidiu deixar sua aldeia e se tornar um Nukenin.

Quando ele estava prestes a ser capturado por um Oinin de Kumogakure, Karyū foi encontrado pelo chefe do Grupo do Relâmpago, dono de uma kekkei genkai como ele, que o aceitou em seu grupo. Karyū começou a tomar parte em atividades do Grupo do Relâmpago, como roubar os ricos e redistribuir o dinheiro saqueado às aldeias pobres.

Quando o Grupo do Relâmpago foi dissolvido depois de ser atraído para uma armadilha de Kirigakure, Karyū começou a viver como fugitivo novamente, amaldiçoando as aldeias que se recusaram a ajudá-lo com medo de possíveis retaliações das aldeias shinobi. Depois de muitos anos na clandestinidade, Karyū veio a saber sobre o ataque de Sasuke na Reunião dos Kage, ficando impressionado com o fato de que Sasuke, usuário de uma kekkei genkai, não tinha medo de se opor contra as aldeias shinobi. Ele então decidiu começar a reunir pessoas para sua vingança contra as aldeias que lhe negaram refúgio, chamando seus antigos companheiros e formando o Grupo do Trovão Negro.

Após a Quarta Guerra Mundial Ninja, o Grupo do Trovão Negro começou a crescer em tamanho devido ao recrutamento de shinobi desempregados. Então, Karyū começou a realizar sua vingança, saqueando as aldeias e matando todos os seus habitantes.

Período em Branco Editar

Sasuke Shinden: Livro da Alvorada Editar

Artigo principal: Sasuke Shinden: Livro da Alvorada Como o chefe do Grupo do Trovão Negro, Karyū havia destruído muitas aldeias ao redor do País das Fontes Termais, do País da Água e do País do Relâmpago, incluindo a aldeia em que a filha de viveu. Quando ele planejava destruir a Vila de Bambu, Karyū descobriu que Sasuke estava lá também e decidiu encontrar seu suposto mestre. Depois que Sasuke, que tinha ido à aldeia da filha de Iō para investigar, foi avisado por Chino que alguém estava atacando a Vila de Bambu, Karyū finalmente foi capaz de encontrar-se com o homem que ele admirava. Os dois lutaram em uma batalha, resultando na perda de Karyū, apesar do mesmo ter usado suas técnicas mais fortes.

Ao ser capturado e contido com o resto do Grupo do Trovão Negro, Karyū revelou a Sasuke o seu passado e a razão de seu rancor em relação às aldeias. No entanto, antes que Sasuke pudesse interrogá-lo ainda mais, Karyū foi morto em um incêndio que envolveu todo o Grupo do Trovão Negro, assim como Iō.

Habilidades Editar

A kekkei genkai de Karyū, a Liberação de Lava, permite-lhe moldar um material de borracha vulcanizada.

Curiosidades Editar

  • Quando escrito como "加 硫", o nome de Karyū significa "vulcanização" (uma referência à sua kekkei genkai).

Referências Editar

  1. Sasuke Shinden capítulo 1, parte 2
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.