FANDOM


Kaya (カヤ, Kaya) era uma personagem do romance de Jiraiya, que apareceu em sonho do Tsukuyomi Infinito de Tsunade.

Personalidade

Kaya rezando pelos seus filhos

Kaya rezando pela segurança de seus filhos.

Kaya amava muito seus dois filhos, Ashitaba e Komichi, orando para a divindade da sua aldeia chamada Lorde Mashima em seu favor. Ela era muito dedicada ao se referir à divindade em geral, assumindo que quando seus filhos retornaram com segurança, foi graças ao Lorde Mashima.

Aparência

Kaya era uma mulher com pele clara, cabelo marrom longo e grandes olhos negros. Ela usava uma camisa cinza claro simples, calça cinza sob uma saia marrom e sandálias pretas.

História

Manual de Instruções de Jiraiya: O Conto de Naruto, o Galante

Time Asuma se reúne com a mãe das crianças

Kaya se encontrando com o Time Asuma em frente ao santuário do Senhor Mashima.

Depois de ouvir as advertências do Time Jiraiya, Kaya e os outros aldeões decidiram ir para um local seguro. No entanto, uma vez que seu filho mais novo Komichi perdeu seu ursinho de pelúcia, ele e Ashitaba voltaram para a aldeia, com Kaya sendo incapaz de detê-los. Em vez disso, ela foi a um santuário dedicado à divindade Lorde Mashima, orando pela segurança de seus filhos. Enquanto isso, ela foi abordada pelo Time Asuma, que depois de ouvirem suas circunstâncias, se juntaram ao Time Jiraiya no subterrâneo para resgatar os filhos de Kaya. Eles trouxeram os meninos com segurança, levando Kaya a acreditar inicialmente que o resgate foi graças à misericórdia do Lorde Mashima.

Depois de voltar à sua aldeia, novamente, uma gigantesca explosão ocorreu durante a noite, matando Kaya e sua família.

Curiosidades

  • "Kaya" pode significar "mosquiteiro" (蚊帳), "grama utilizada para colmo" (茅) e é também o nome da "árvore de noz-moscada japonesa" (榧). É uma expressão arcaica para indicar emoção ou admiração, possivelmente referindo-se a sua forte crença em sua divindade.

Erro de citação: existem marcas <ref>, mas nenhuma marca <references/> foi encontrada
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.