FANDOM


Kokuri (コクリ, Kokuri) é um ex-membro da gangue dos Bandidos Mujina. Atualmente ele é um prisioneiro do Castelo Hōzuki.

Personalidade Editar

Kokuri demonstrou ser um indivíduo medroso e extremamente cauteloso.

Aparência Editar

Kokuri é um rapaz magro, de cabelo preto cortado na altura do queixo, olhos cor de mel e usa um óculos de armação redonda. Como um prisioneiro, ele veste um uniforme padrão constituído por um macacão de cor laranja e sandálias.

História Editar

Nova Era Editar

Passado Editar

Durante algum tempo, Kokuri foi um membro dos Bandidos Mujina, mas ele traiu a gangue roubando seu dinheiro e fugiu. Ele permaneceu escondido por algum tempo antes de ser apanhado roubando e ser mandado para o Castelo Hōzuki como um prisioneiro. Ele conseguiu ocultar sua conexão com os Bandidos Mujina, mas sabia que ele poderia ter sua vida atentada para que os segredos da organização não fossem revelados, então ele enviou uma carta para Konohagakure oferecendo informações em troca de proteção.

Arco dos Bandidos Mujina Editar

Veja Também: Arco dos Bandidos Mujina Quando o Tsukiyo, o número dois dos Mujina, chegou na prisão, Kokuri encenou uma briga com o mesmo e se machucou propositalmente para que achassem que ele havia sido atacado, então Tsukiyo foi enviado para a solitária, enquanto Kokuri foi para a enfermaria. Quando Boruto chegou, ele suspeitou que Boruto estivesse lá para matá-lo quando ele perguntou por Kokuri, e o conteve depois de nocauteá-lo. Depois de verificar a história de Boruto, ele o libertou. Quando Boruto foi enviado de volta para sua cela, alguém entrou furtivamente na enfermaria e esfaqueou Kokuri.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.