FANDOM


O usuário aplica a Liberação de Poeira para criar uma estrutura com uma esfera localizada em seu centro entre as palmas das suas mãos. A estrutura se expande rapidamente em tamanho quando é impulsionada em direção ao seu alvo, o prendendo. A esfera, em seguida, parece explodir com uma tremenda quantidade de força, enquanto as paredes exteriores da estrutura conseguem restringir o tamanho do raio da explosão, resultando na destruição de tudo o que estiver dentro dele à medida que são pulverizados em partículas diminutas de pó. A técnica não se limita a apenas afetar a matéria física, mas também pode afetar as defesas de chakra.[3]

O dano resultante que esta técnica pode produzir varia consideravelmente, dependendo da forma inicial da estrutura criada. Por exemplo, quando fabricada sob a forma de um cubo, a estrutura possui um raio de explosão relativamente pequeno, minimizando a possibilidade de danos colaterais. No entanto, a versão cônica foi mostrada ser suficientemente forte para destruir potencialmente uma ilha inteira.[4] Além disso, é possível produzir uma variante muito maior da técnica em forma de cubo, que é suficientemente grande para destruir os vinte e cinco clones de madeira de Madara, usando o Susanoo de uma só vez. Este cubo pode também ser dividido em dois depois de ter sido ativado, permitindo que outras técnicas possam ser lançadas entre as duas metades.[5] Quando esta técnica se choca com uma técnica semelhante, o par se funde e forma uma grande explosão esférica, onde tudo dentro do raio da explosão resultante é completamente pulverizado.[6]

Projéteis de Liberação de Poeira

A técnica sendo usada como projéteis.

Kakō inovou na forma de usar, sendo capaz de, além de usar da forma convencional, criar projéteis pequenos através desta técnica, lançando-os consecutivamente contra seus oponentes e proporcionalmente desintegrando o que toca. Defender torna-se impossível por causa da desintegração e evadir é difícil, uma vez que a velocidade dos projéteis é muito alta.[7]

Variantes Editar

Liberação de Poeira - Técnica do Desprendimento do Mundo Primitivo - Pilar

A técnica se estendendo na mão de Mū.

A técnica ainda pode se estender desde a mão do usuário até o oponente.[6] Essa variação é conhecida como Liberação de Poeira: Desprendimento do Mundo Primitivo: Pilar (塵遁・原界剥離・柱, Jinton: Genkai Hakuri: Hashira; Bandai: Estilo Partícula: Desmontagem Atômica: Pilar).[8]

Variantes da Forma Editar

Esta técnica pode ser manipulada em uma seleção diversificada de três formas diferentes, incluindo a forma cônica, cilíndrica e cúbica, com cada uma contendo uma esfera localizada em seu centro. De acordo com Ōnoki, as diferenças na forma demonstrada por esta técnica são reflexo do diferencial entre seus usuários.[9]

Referências Editar

  1. Quarto Databook, página 259
  2. Naruto CCG, ID J-926
  3. Naruto capítulo 575
  4. Naruto capítulo 514, páginas 1-2
  5. Naruto capítulo 588, páginas 14-15
  6. 6,0 6,1 Naruto capítulo 546, páginas 14-16
  7. Boruto: Naruto Next Generations episódio 87
  8. Naruto Shippūden: Ultimate Ninja Storm Revolution, moveset de Mū ou Ōnoki (Despertados)
  9. Naruto capítulo 546, páginas 14-16

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Liberação de Poeira: Técnica do Desprendimento do Mundo Primitivo

  • hidan e jinton

    6 mensagens
    • A imortalidade do Hidan é patife, seria reduzido a nada.
    • Ramon Mesquita escreveu:A imortalidade do Hidan é patife, seria reduzido a nada. Ramon, nao comente em topicos que ja passou de 3 dias de inatividade.
  • Com o suika no jutsu, Mangetsu/Suigetsu podem sair ilesos do Jinton?

    3 mensagens
    • Acredito que não, já que com o Jinton, o usuário reduz tudo em pó, mesmo que não esteja em seu estado sólido.
    • E de acordo com a tradução do Jinton: Genkai Hakuri no Jutsu, ele "desprende" ou melhor, separa os átomos do que for pego, logo...
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.