FANDOM


No subterrâneo do mesmo santuário da Vila Tonika que Yamato e Sai encontraram os guardas da Vila Hachō pela primeira vez, Disonasu mostrava aos prisioneiros um estranho objeto mítico que flutuava e brilhava ao ser invocado de um pergaminho. Naruto estava amarrado por algumas cobras negras capazes de absorver chakra, as quais Kabuto alertou ao jovem para evitar de usar seu chakra, então o líder da vila vizinha revela que o ataque de Kabuto à Vila Tonika foi responsabilidade dele a fim conseguir o tesouro que repousava na vila, segundo a lenda. O homem questiona Dokku sobre as outras peças e debocha da habilidade do Uzumaki mesmo este tendo derrotado Pain, contando ter perdido parte de seu poder contra ele. Naruto se irrita, mas é contido pelas cobras de Kabuto, então o falso líder da vila, espanca o jovem indefeso e amarrado no chão enquanto o clone do Yakushi encontra os órfãos. Assustadas, as crianças oferecem as duas peças que faltavam no Saezuri em troca da liberdade de Dokku e Naruto para o clone, enquanto o verdadeiro Kabuto, comenta o ocorrido com os prisioneiros, que se sentem apreensivos.

Kabuto invoca os mortos com Edo

Kabuto invoca os reencarnados para lutar contra os ninjas de Konoha.

Olhando de um lugar alto e mais distante, Neji consegue ver o que ele julga ser um clone de Kabuto, assim como as cinco crianças, Shiseru se preocupa com elas e Kakashi pensa em um plano cauteloso para se aproximar. Dokku é levado como moeda de troca pelas peças, mas antes que a barganha fosse feita, Disonasu toma as peças das crianças e, enquanto isso, Naruto tem a ideia de absorver energia natural para se libertar, sabendo que as cobras iriam absorver. Na superfície, como uma espécie de manual, o falso líder lê o livro que ele havia apresentado aos dois ninjas de Konoha anteriormente, alocando as peças faltantes em seus devidos lugares e tocando no Saezuri, acendendo e tocando as peças em diferentes cores nas pontas e sons, os quais Miina canta com sua pequena melodia. Naruto, que ainda estava no processo de libertação, percebe algumas linhas gravadas no chão emitirem uma luz vermelha durante o tremor, então o solo do local começa a se aproximar do teto, o desesperando, no entanto, ele percebe que só escaparia usando energia natural. Como resultado do tremor, Dokku se liberta e abraça Miina, dando um sermão nas crianças pelo descuido e logo se surpreende com a construção que emerge do chão, tal como os outros presentes. Com a intenção de Disonasu em seguir os procedimentos no Saezuri, Kakashi o surpreende revelando valiosas informações. Sob o comando, Kabuto invoca alguns mortos, bem como duas cobras que carregavam a imitação do Nove-Caudas e o corpo recriado de Hidan. Assim que a besta se liberta, Naruto pede para lutar com ela e os ninjas de Konnoha ficam encarregados dos outros.

Naruto soca o Clone do Nove-Caudas

Naruto soca o clone usando energia natural e o clone se desfaz.

A luta inicia com a estratégia de Deidara em combinar os corpos imortais com suas bombas e Hidan tenta se vingar do trio Ino-Shika-Chō conseguindo rapidamente o sangue de Ino e Chōji e, apesar dos esforços de Sakura, dois dos reencarnados a capturam e explodem, tal como outros fazem com o restante do grupo. Ao mesmo tempo, Hidan corre para fora do local da batalha, já transformado para iniciar o ritual, mas é perseguido por Shikamaru e os outros dois, que conhecem sua técnica, não o permitindo parar para desenhá-lo, então o Nara percebe que havia outro desenho pronto noutro ponto. Sobre a construção emergente, com o clone já fraco e desgastado devido à falha na técnica de Kabuto, Naruto usa o Modo Sábio para combatê-lo, resultando na decomposição da besta numa enxurrada de pequenas cobras, o que o desespera, então Naruto explica que seu maior poder é o que ele carrega dentro de si. No chão os ninjas de Konoha ficam a salvo e Guy e Neji percebem que os corpos não se regeneravam, o que poderia ser proposital para serem usados como peões. Na floresta, o trio captura Hidan antes que algo acontecesse, mas Deidara e Hidan se vangloria por seu suporte estar chegando.

O estrago da Lança do Céu

A majestosidade da Lança do Céu destruindo os arredores.

Ainda na tentativa de finalizar o plano, Disonasu insiste no Saezuri, mas Yamato segura seus membros anexos, embora não consiga impedi-lo, uma vez que consegue ainda tocar no Saezuri, ativando-o. As peças e Miina começam o mesmo processo anterior, mesmo que a garota fosse mantida longe do campo de batalha, então o terreno passa a ser levantado, mas é segurado pelas raízes das árvores. Repentinamente a Lança do Céu ganha novos andares, se tornando uma torre onde Naruto e o clone ficam no andar mais alto, qual permanece intacto. No entanto, o inferior se abre e começa a girar em volta do seu próprio centro de luz vermelha, causando o desmoronamento do centro onde os dois estavam e o fim da fabricação. Naruto escapa para a borda e é surpreendido por uma luz que emerge abruptamente à superfície, o que causa uma forte ventania por todo O Buraco, desmoronando o também frágil corpo de Hidan e afugentando Deidara — que logo é chamado pelo surpreso Kabuto para defendê-lo. Shikamaru percebe a falha na construção do inimigo e que estava preparado com outras estratégias. Além da ventania, a torre torna as nuvens no ponto que o laser está concentrado vermelhas e agitadas, girando quase como um tornado e desencadeando raios avermelhados, que quase acertam a família, então Shiseru observa os arredores e Dokku explica a situação, concluindo que precisavam sair do local rapidamente. O desastre continua e se alastra para outros lugares, chegando longe o suficiente para ser visto de outro país, até que destrua o mundo. Ainda obcecado pelo poder, Disonasu escala a enorme torre, mas é parado por Naruto até que ouvem um a partir do centro desta e, ao olhar para o topo, vislumbram uma nova forma do clone que havia emergido anteriormente.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.