FANDOM


Hamura e Hagoromo se preparam para adentrar a floresta

Hamura e Hagoromo se preparam para entrar na floresta.

Novamente aparece a cena em que Zetsu Negro suga o chakra de Sasuke e Naruto enquanto conta a história de Kaguya. Prosseguindo com o enredo antigo, Kaguya finalmente dá a luz aos seus filhos Hamura e Hagoromo, os quais adquiriram seu poder também. Passando-se anos desde que ela engravidou e teve gêmeos, Hamura e Hagoromo observam sua mãe enquanto ela se põe a refletir toda manhã observando o céu do maravilhoso campo em que moravam, como se estivesse esperando por alguma coisa ou alguém. Enquanto os dois irmãos observam atentamente sua mãe e comentam esse ocorrido, Haori os surpreende chegando desesperadamente em busca de socorros. Ela os informa que havia dois aldeões discutindo devido a água utilizada nas plantações, o que gerava pouco. Com toda calma possível, Hagoromo vai até o local e intervém na discussão dos rapazes, que tentam justificar suas respectivas posições perante o caso. Como tal, acabam sabendo que o fluxo do rio parou, fazendo com que a água se tornasse cada vez mais escassa, levando os irmãos até o local onde possivelmente estaria interceptando a passagem da água. Antes que partissem, Haori pede para que Hagoromo tome cuidado, mostrando um semblante apreensivo no processo.

O urso ataca Gamamaru, Hamura e Hagoromo

Gamamaru, Hamura e Hagoromo são atacados pelo urso dentro da floresta.

Quando eles partes, Hagoromo pede para Hamura utilizar seu Byakugan a fim de encontrar o que interceptava a passagem da água, e, descobrem que um enorme rochedo impedia. Eles vão até o rochedo e se perguntam rapidamente quem ou o quê poderia ter trazido aquele grande rochedo para lá, dando a oportunidade de um sapo laranja se introduzir e apresentar-se, obviamente. Continuando após sua apresentação, o sapo comenta que ele havia colocado aquele rochedo no local, causando um momento canônico em que ambos os irmãos Hagoromo e Hamura se perguntam se estão ficando louco por ver um sapo falando, mas o sapo contraria-os e comenta que eles não estão ficando loucos. Brevemente, Hamura ativa seu Byakugan mais uma vez, para certificar-se que não estava sendo enganado por alguma pessoa, no entanto, descobre que é realmente um sapo falante. Eles pensam em como seria engraçado levar para casa um sapo como este, mas Gamamaru diz que eles eram capazes de capturá-lo. Inusitadamente, um urso gigante que havia sido mencionado anteriormente pelos aldeões, aparece e ruge perante aos três. Gamamaru aproveita a oportunidade e usa um fluxo de água sutil no urso, jogando-o metros de distância dali e, subsequentemente, fazendo ele desaparecer em meio às matas. Em seguida, ele retorna ao assunto e diz que aquele incidente foi colocado no caminho de ambos propositalmente para que ele pudesse encontrá-los. O sapo ordena que os irmãos o siga, antes tendo Hagoromo usando um relâmpago potente capaz de destruir o rochedo e fazendo a água retornar para as vias.

Hamura investiga os produtos do vendedor ambulante

Hamura bisbilhota os produtos do vendedor ambulante.

Caminhando um pouco até chegar em um possível abismo, Gamamaru aponta para a Árvore Divina e questiona-os se já haviam ido até o local e, principalmente, o que sabiam sobre ele. Hagoromo e Hamura explica que não, cansando o jovem sapo. Se não bastasse muito, eles notam a regra criada por Kaguya, que impede que qualquer um ultrapasse um limite determinado. O sapo, por sua vez, relata que a árvore sugava o poder de todos desde que ela nasceu e, que a verdade por trás de tudo aquilo estava atrás daquele local, deixando Hagoromo pensativo e desaparecendo em uma poça pequena de água. Quando finalmente retornam para casa, se encontram com um vendedor ambulante, que deseja criar uma residência fixa para a venda de seus remédios caseiros, mas que alegava querer contatar Kaguya antes de mais nada. Negativamente, Hamura analisa os produtos e declara-os como desnecessários, concluindo que ele, seu irmão e sua mãe seriam capazes de curar qualquer pessoa em qualquer situação. No final de seu discurso realista, Hamura ordena que o rapaz desapareça das redondezas.

O vendedor ambulante conta sobre Kaguya para Hagoromo

Hagoromo se informa sobre sua mãe através do vendedor ambulante.

Enquanto o homem desaparece do local pela trilha que levava até a grande árvore, ele pensa em roubar algum galho dela para que pudesse vender por uma fortuna, mas Hagoromo aparece e diz que ele acabaria morrendo. Com tamanho susto, o homem destronca a costela, ainda que o jovem Hagoromo curasse suas costas, livrando-lhe da dor incurável. Em troca, ele pergunta se o homem já passou por diversos locais em viagem e pede para que ele conte todos os detalhes do que comentam sobre Kaguya, bem como o que ele soubesse sobre a Árvore Divina. Vendo-se na obrigação de cooperar com Hagoromo pela ajuda médica, o rapaz diz que durante suas viagens, em alguns países, Kaguya era vista como tirana, bem como ela realizada rituais para a árvore que, qualquer uma que soubesse deste, era aniquilado pela própria. Rapidamente, Hagoromo reflete sobre as saídas duradouras de sua mãe, e manda o rapaz continuar suas viagens malucas.

Haori segue para servir a Árvore Divina

Haori segue junto dos outros aldeões para servirem a Árvore Divina.

Novamente nos campos de arrozais, Hagoromo observa os aldeões trabalhando, sendo interrompido por seu irmão, Hamura, que cita que o dia está esplêndido. Em seguida, ele ressalta a aposta do sapo que encontraram mais cedo, mas são surpreendidos por um grupo de pessoas que caminhavam até a Árvore Divina para servi-la. Imediatamente, ele percebe Haori entre elas e manda ela parar, conversando com ela sobre o que levou ela fazer isso de repente. Mesmo parecendo que desejava permanecer ao lado da vila, ela comenta serenamente que isso fazia parte do regulamento importo por Kaguya e, que não poderia ser quebrado, agradecendo o momento de conhecer os irmãos, dando um colar como recordação para Hagoromo. Aparentemente, no mesmo dia, porém, mais tarde, Kaguya retorna e seus dois filhos imploram por uma resposta ou o cessamento do ritual, mas ela nega contar algo ou romper o ritual, mesmo que esse seja um pedido de seus filhos mais queridos. Mais tarde, eles se reúnem e vão para o local.

Hagoromo encontra o cadáver de Haori

Hagoromo encontra o cadáver de Haori.

Quando finalmente veem-se diante da grande árvore, Hamura usa seu Byakugan e vê vários casulos abaixo do solo, ligados a árvore em uns galhos, despertando a curiosidade em ambos e fazendo eles adentrarem no local. Quando chegam, Hamura rasga a parte externa do casulo com uma tantō, mas pela demora que causaria, pede o auxílio de Hagoromo, que usa um forte vento que quebra toda a cobertura. O casulo se desfaz e revela ser o cadáver de Haori dentro dele, irritando Hagoromo de modo surreal e, fazendo ele despertar o Sharingan, desde então. Descobrindo a verdade por trás de tudo envolvendo sua mãe, os irmãos procuram Gamamaru em um bosque próximo, o qual aparece e leva eles até o Monte Myōboku.

Hagoromo inicia seu treinamento de Senjutsu

Hagoromo inicia seu treinamento sábio com Gamamaru.

Chegando lá, eles se informam do passado de Kaguya, bem como o surgimento da árvore e seus segredos. Com todos os fatos postos sob a mesa, Hagoromo se precipita e pede para que o sapo ensine a ele o Senjutsu, ainda que Gamamaru recuse por um momento com receio que ele volte para o lado de Kaguya após receber o poder e continuar dominando o mundo. Após alguns comentários e brincadeiras informais, eles se entendem e o sapo conta que teve uma profecia que Hagoromo e Hamura lutavam contra Kaguya, ainda que não soubesse o resultado. No final de tudo, ele acaba cedendo e treina senjutsu para Hagoromo, do mesmo modo em que Hamura cuidava da vila em sua ausência. Para a sorte e azar, ao mesmo tempo, de Hagoromo e Hamura, é que ele consegue dominar o senjutsu rapidamente, mas não contavam com a chegada prematura de Kaguya a vila, o que brevemente piora a situação para Hamura, que é subjugado pelo seu poder.

Iniciar uma Discussão Discussões sobre Naruto Shippūden - Episódio 461: Hagoromo e Hamura

  • Episódio 461: Hagoromo e Hamura

    22 mensagens
    • Pessoal, a discussão em si é para debater sobre o episódio, essas perguntas não tem cabimento algum aqui. Então, favor criem uma nova discussão.
    • Fwy
      Apesar da animação ter decaído um pouco em determinados pontos, principalmente quando algum personagem ficava de lado, o episódio foi b...
O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.