FANDOM


Sāra (サーラ Sāra) foi a ex-rainha de Rōran antes de ser destruída.

Personalidade Editar

Desde que ela era uma criança, Sāra sabia que ela iria se tornar rainha e guiar seu povo. Quando sua mãe morreu, Sāra encontrou conforto em Anrokuzan, que continuava dizendo a ela que seu dever era proteger Rōran, a bela cidade que sua mãe construiu. Como resultado, Sāra passou a tratar o reino como um tesouro de sua mãe e prometeu protegê-lo com sua vida. Mesmo depois de seis anos, Sāra ainda lamentava a morte de sua mãe e constantemente cantava a música que elas cantavam juntas. Sāra tem uma personalidade teimosa, porém também era corajosa. Mesmo que ela se recusando a acreditar que Anrokuzan tinha a enganado, após descobrir a verdade, ela fez tudo que podia para proteger seu povo contra Anrokuzan.

Aparência Editar

Sara

Sara depois de rasgar suas roupas.

Sāra tem longos cabelos ruivos (com franjas espetadas sobre a testa), olhos violetas e pele clara. Ela usava vestes roxas e rosas, um colar dourado com uma joia vermelha em torno de seu pescoço, pulseiras de ouro em torno de seus pulsos e sandálias marrons. No entanto, depois que ela ficou determinada a salvar seu povo contra Anrokuzan, ela rasgou suas vestes para que ela pudesse se mover mais facilmente e fez um rabo de cavalo em seu cabelo.

Em sua primeira aparição, ela vestiu uma jaqueta rosa clara, shorts verdes, meias pretas e longas com sandálias cor-de-rosa e seu cabelo também mantido em um rabo de cavalo.


História Editar

Passado Editar

Sāra é a filha de Sēramu, a antiga Rainha de Rōran. Quando ela era criança, sua mãe foi abordada por um homem chamado Anrokuzan que a convenceu a usar o poder de Ryūmyaku, um antigo fluxo de chakra no subterrâneo de Rōran, para construir torres enormes no reino. Quando Sēramu descobriu que Anrokuzan estava a usando apenas para seus próprios fins, ele assassinou-a, secretamente esfaqueando suas costas. Sāra se tornou a rainha no lugar de sua mãe, sem saber que Anrokuzan estava usando-a como uma rainha manipulada.

Visão Geral Editar

Naruto salva Sāra

Naruto salva Sāra de cair.

Quando Naruto Uzumaki voltou no tempo, ele acorda com Sāra cantando. Quando ele pergunta a ela onde ele estava, Sāra foge e vai para trás de seu palácio, onde ela se lembra de quando ela costumava cantar com a mãe. Anrokuzan, que se tornou o Ministro de Rōran, diz que ela deveria mostrar-se para o seu povo, que estava lá para elogiar a ela e a sua mãe pela construção da cidade. Sāra concorda e vai para o balcão de seu palácio, no entanto, enquanto ela cumprimentava seu povo, alguém a empurra por trás e ela cai. Felizmente, ela é salva por Naruto, mas ela dá vários tapas em seu rosto antes de agradecer-lhe.

Quando Minato Namikaze e sua equipe aparecem, Naruto ataca-os, pensando que eles estavam atrás de Sāra. Minato diz que Anrokuzan é, de fato, Mukade, um nukenin de Suna que veio do futuro, como Naruto, e planejava usar o poder do Ryūmyaku para construir armas e assumir o controle dos Cinco Grandes Países Shinobi. Sāra se recusa a acreditar neles e foge para provar a inocência de Anrokuzan. Minato diz para Naruto segui-la e protegê-la.

No seu caminho, Sāra é capturada por um grupo de mulheres e crianças que pedem para ela devolver-lhes os seus parentes, que foram sequestrados por Anrokuzan por suas ordens. Sāra diz a elas que não deu quaisquer ordens, então Sarai e Masako leva Naruto e Sāra para um desfile que Anrokuzan começou desde que Sēramu morreu, para animar Sāra e seu povo. Sarai diz a Sāra que todo mundo a zombava e a chamava de "Princesa Marionete". Naruto então prova, cortando algumas das sequências de chakra, que todo mundo no desfile eram marionetes controladas por fios de chakra provenientes dos tubos que alimentam a cidade com o poder de Ryūmyaku. Quando um boneco de Sāra aparece, provando que Anrokuzan estava pensando em transformá-la numa marionete, Sāra foge novamente. Quando Naruto a encontra, ela diz a ele que depois da morte de sua mãe, Anrokuzan era o único que estava ao lado dela. Naruto lhe diz que ele é um órfão também, mas ele tinha um mestre que, embora estivesse morto, deixou a sua vontade e que a mãe de Sāra deve tê-la deixado algo importante demais e que ela deveria pensar sobre o que sua mãe valorizava e ela saberia o que fazer.

Inspirado pelas palavras de Naruto, Sāra vai com ele para de metro da cidade, onde eles descobrem que Anrokuzan usava as pessoas que ele sequestrava como escravos para construir sua Força de Marionetes Ninja. Sāra consegue parar o fluxo de Ryūmyaku direcionado para a fábrica, no entanto Anrokuzan aparece e diz-lhes que o Exército de Marionetes tinha sido concluído e ele não precisava mais dela para controlar o Ryūmyaku e então os ataca. Naruto é contido pelas marionetes, que drenam seu chakra, enquanto Anrokuzan finalmente revela a Sāra que foi ele quem matou sua mãe quando ela se recusou a ajudá-lo. Tomada pela dor, Sāra cai de joelhos e chora, mas Naruto é capaz de salvá-la de ser morta, utilizando o chakra da Nove Caudas.

Naruto dá a sua Lâmina de Chakra de Konoha para Sāra

Naruto dá a sua Lâmina de Chakra de Konoha para Sāra.

Anrokuzan se funde com suas marionetes e os ataca. Minato e sua equipe reaparecem e lutam com Anrokuzan enquanto Sāra liberta os homens que foram raptados e leva-os a suas famílias na superfície. No entanto, Anrokuzan a segue, determinado a matá-la porque ela é a única pessoa que poderia parar o fluxo de Ryūmyaku e impedir a regeneração de Anrokuzan. Para protegê-la, Naruto lhe dá a sua Lâmina de Chakra. Já que Anrokuzan não podia resistir ao poder de Ryūmyaku que ficava no jardim, onde Sāra e Naruto encontraram pela primeira vez, Sāra leva o seu povo até lá e abre a porta usando a Lâmina de Chakra e o sela. Enquanto Naruto e Minato lutavam com Anrokuzan, Sāra consegue parar o fluxo do Ryūmyaku e Naruto mata Anrokuzan com a ajuda de Minato ao fazer o Rasengan Supremo. Depois que Minato selou o Ryūmyaku completamente, Naruto e Yamato, que também foi enviado para o passado, começaram a brilhar, porque o tempo estava voltando ao normal. Assim, o futuro não seria alterado, Minato então decide apagar as memórias de todos. Ao Naruto desaparecer, Sāra lhe diz que ela iria fazer o que ela poderia pelo seu povo, mesmo que Rōran tivesse sido destruído, porque era o que Naruto havia lhe ensinado.

SaraparandoRy myaku

Sāra interrompe o fluxo Ryūmyaku.

Eventualmente, Rōran desapareceu durante a guerra, mas Sāra conseguiu salvar seu povo. Antes de morrer, Sāra teve uma filha a quem ela deu a Lâmina de Chakra de Naruto, como um tesouro precioso que ela recebeu de um herói em um sonho, para herdar a sua vontade e continuar protegendo seu povo.

Quando Naruto voltou para o futuro, ele conheceu a filha de Sāra, que, mesmo ele não podendo se lembrar parecia-lhe muito familiar.

Habilidades Editar

Como sua mãe, Sāra tinha o poder de sentir e controlar o Ryūmyaku, uma capacidade única apenas para as rainhas de Rōran. Como resultado, Sāra era capaz de selar o seu fluxo e evitar que alguém pudesse usá-lo.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.