FANDOM


Por favor, note que este é um artigo da Wiki Naruto sobre o volume. Caso você esteja procurando o artigo sobre capítulo com o mesmo nome, você deve ir para O Valor de um Trunfo!!.

O Valor de um Trunfo!! (切り札の価値!!, Kirifuda no Kachi!!) é o volume 4 do mangá Boruto: Naruto Next Generations.

Capítulo 12: "Amigos…!!" (友達…!!, Tomodachi…!!)

Boruto se encontra com Tentō na Pousada na Montanha de Konoha e percebe que o daimyō reservou todo o hotel. Tentō ignora o rumo da conversa, já que está mais interessado em ver Boruto usando ninjutsu. Embora hesite no início, Boruto mostra o uso da Técnica dos Clones das Sombras para Tentō e, embora se impressione, ele compara a produção dos milhares de clones do sétimo Hokage com os cinco de Boruto. Em seguida, ele pede para ver a Técnica de Transformação e, Boruto tenta dar um susto, usando em vez disso a Técnica Sensual. Isso, no entanto, não causa nenhum impacto em Tentō, fazendo apenas com que caia no riso. Depois de retomar a seriedade, Tentō declara que não é incomum para ele, uma vez que mulheres desse tipo costumavam desfilar em sua casa. Essa risada faz com que Boruto crê em que Tentō provavelmente não tinha amigos. Imperturbavelmente, Tentō pergunta se Boruto não era seu amigo, afirmando que sempre quis ter um shinobi como amigo da sua mesma idade. Aproveitando o assunto, Tentō decide mostrar a sua coleção de cartões do Extremo: Cartões Ninja para Boruto, que se encanta com a coleção. Tentō diz para Boruto que ele poderia pegar qualquer cartão que ele quisesse, após Boruto ver um cartão extremamente raro do qual tanto procurava. Tentō explica que não era difícil para ele colecionar os cartões — dado seus vários repetidos —, já que seu pai lhe deu um cartão de crédito sem limite em seu aniversário. Ele propõe uma troca, no entanto: Boruto deve lhe ensinar como usar ninjutsu. Boruto concorda em treiná-lo, mas se recusa a receber o cartão colecionável como pagamento, afirmando que ele preferiria obter o cartão por conta própria.

Boruto pensando em como Sasuke é importante para Konoha

Boruto pensa em Sasuke e almeja fazer o mesmo que ele por Konoha.

Logo eles começam o treinamento de shurikenjutsu, mas Tentō se desmotiva, levando eles a terem uma conversa pessoal sobre o porquê de Tentō querer aprender ninjutsu: uma tentativa de conseguir que seu pai - admirador da performance shinobi - o notasse. Se vendo nele, Boruto incentiva a Tentō à tentar mais, mas a conversa é interrompida por Yamaoka, que desaprova os feitos do herdeiro do daimyō. Persuadido, no entanto, Yamaoka permite que Tentō continue seu treinamento enquanto estiver em Konohagakure, motivando a Tentō atingir o alvo, mostrando seu pequeno progresso. Enquanto está em uma pausa bem merecida, Boruto dá a Tentō o seu cartão colecionável de Sétimo Hokage e compartilha sua própria experiência com o reconhecimento do jovem alegre e seu sonho de se tornar alguém que pode apoiar o Hokage, como Sasuke Uchiha. Algum tempo depois, quando a delegação do Daimyō se prepara para sair, Tentō pergunta se ele pode ver Boruto novamente e o filho do Hokage diz que não iria responder uma pergunta tão óbvia daquele jeito. Enquanto isso, um membro dos Bandidos Mujina observa durante todo o tempo se comunicando com seu chefe, Shojoji, que se mostra disfarçado de Yamaoka.

Capítulo 13: "O Valor de um Trunfo!!" (切り札の価値!!, Kirifuda no Kachi)

Time Konohamaru recebe uma nova missão

Time Konohamaru recebe uma nova missão de rank B.

O Time Konohamaru é convocado para ir até a sala de Konohamaru. Enquanto eles vão até lá, Sarada e Mitsuki conversam com Boruto sobre a missão de guarda-costa de Tentō, o filho do daimyō. Ele assente, aprovando à pergunta, ao mesmo tempo em que diz como eles se tornaram amigos, apesar do começo difícil que ambos tiveram. Na sala de Konohamaru, o trio é designado para uma missão de rank B, e, apesar de apreensivos sobre os desafios que poderão enfrentar no decorrer, eles se animam, uma vez que ninjas de elite enquanto genin, como o Quinto Kazekage, realizavam com extrema facilidade. Na saída da sala de Konohamaru, Boruto percebe que Tentō colocou o cartão raro que ele desejava em seu bolso, já que Boruto não aceitaria a carta. Mesmo querendo ficar com o cartão, Boruto decide entregá-lo de volta a Tentō e vai até a Pousada na Montanha de Konoha. Chegando ao local, Boruto ouve próximo ao quarto de Tentō sobre seu sequestro, através da conversa entre Ikkyū e seus guardas-costas, sentindo o quanto seu pai estava irritado e inconformado com a situação. Boruto continua ouvindo a conversa e ouve sobre as exigências feitas pelos sequestradores de Tentō - 500 milhões de ryō e a liberação dos presos no Castelo Hōzuki -, tal como a medida protetora de Ikkyū de manter o sigilo do desaparecimento de Tentō, uma vez que o mesmo pensava ter espiões em seu grupo. Boruto sai do local e vai até a casa de Sarada para dizer que não poderia participar da missão designada. Sarada o questiona sobre a missão, mas por ser algo de extrema importância, a garota apenas entende e o apoia.

Shojoji captura Tentō pela cabeça

Shojoji consegue interceptar o ataque de Tentō, capturando-no pela cabeça.

Enquanto isso, Tentō se confunde ao ver Yamaoka entre seus sequestradores. Apesar disso, Shojoji, seu verdadeiro sequestrador, explica-lhe sua Técnica do Clone Cadáver. Shojoji se apresenta sendo um shinobi e pergunta para Tentō se ele já havia encontrado algum cartão no qual ele era representado. Tentō discorda e Shojoji parece se emburrar por Orochimaru ser tão podre quanto ele e não ter um cartão colecionável. Shojoji pega Tentō pela blusa para gozar do garoto antes de derrubá-lo com força no chão. Nesse impacto, Tentō consegue ver uma shuriken que Boruto havia dado. Ele tenta usar a shuriken para contra atacar, a fim de não ser subestimado, mas é facilmente detido por Shojoji, que agora tenta comer seu cérebro. Boruto, ao invés disso, chega no mesmo instante e chuta Shojoji, para seu desgosto. Eles se preparam para um confronto.

Capítulo 14: "Trabalho em Equipe…!!" (チームワーク…!!, Chīmuwāku…!!)

Boruto ataca Shojoji com seu Rasengan

Boruto consegue acertar o Rasengan em Shojoji.

Shojoji reconhece Boruto sendo o filho do Hokage, Naruto Uzumaki, e, em seguida, pede para seus subordinados derrotarem-no, mas Boruto é capaz de derrotá-lo com facilidade, com sede para derrotar Shojoji logo após. Quando o confronto começa e Shojoji faz seu movimento, Tentō alerta Boruto sobre a técnica do inimigo de devorar seus alvos. Distraído pelo aviso dado, Boruto quase é capturado por Shojoji, mas consegue escapar com uma cabeçada. Novamente, quando está próximo de ser capturado, ele salta, evitando ser comido e questionando a espécie humana de Shojoji. Boruto tenta usar sua habilidade de shurikenjutsu, mas seu adversário repele com um escudo de vento, retornando o ataque para aquele que o realizou. Boruto tenta derrotá-lo com um Rasengan, mas também é repelido pelo escudo, levando ele implantar uma armadilha com bomba de fumaça a fim de criar clones das sombras, embora todos sejam desfeitos pelos golpes de Shojoji. Para o azar de Boruto, como os clones foram incapazes de dar-lhe uma brecha de ataque, ele é pego pelo pescoço e levantado ao ar. Sem contar com a presença de Tentō, o vingativo bandido é atacado por uma shuriken nas costas. Essa distração é o suficiente para que Boruto criasse outro Rasengan e derrotasse Shojoji, destruindo todo o edifício pelo impacto.

Capítulo 15: "Sasaukage…!!" (支う影…!!, Sasaukage…!!)

A nova organização, Kara

Shojoji expõe a nova organização que busca marcas, intitulada de Kara.

Tentō e Boruto comemoram que seu plano de distrair e atacar Shojoji funcionou, mas dura pouco uma vez que o chefe dos Bandidos Mujina se recupera do ataque. Impressionado pelo poder de Boruto, ele jura que irá tornar a sua morte agonizante enquanto o devorará. Percebendo que seu oponente estava quase derrotado, Boruto prepara outro Rasengan para finalizá-lo, no entanto, o selo na palma direita de Boruto é ativado, impedindo-o de moldar o chakra e deixando-o com dor. Por um momento, Shojoji chocado acredita que Boruto é membro de um "certo grupo", mas logo percebe que não é o caso e se prepara para atacar a dupla mais uma vez. Antes que ele possa alcançá-los, ele é imobilizado por Mitsuki, e é deixado inconsciente por um chute de Sarada. Embora contente por vê-los, Boruto também se preocupa com a missão que lhes foi atribuída. Ambos, Sarada e Mitsuki, dizem que ele pode compensá-los comprando café e sanduíches, que Tentō se oferece com prazer para pagar. De volta a Konohagakure, Konohamaru elogia seu time por resgatar Tentō, mas aconselha-os a se preparar para as consequências de abandonar sua missão original. Ikkyū e Tentō logo se reencontram e o jovem declara que quer se tornar uma pessoa forte para que possa apoiá-lo. Antes que o daimyō e sua delegação saiam da aldeia, Boruto devolve a carta que Tentō lhe deu e acaba indo na loja para comprar outro pacote de cartas colecionáveis, mas ainda não encontra a que ele deseja. Sarada tenta sua sorte e recebe um cartão super-raro do Orochimaru que leva a equipe a descobrir que Orochimaru é o "pai" de Mitsuki. Em outros lugares, Ibiki e Sai se preparam para interrogar o capturado Shojoji e chamam Sasuke Uchiha para ajudar com o prisioneiro que não estava disposto a contribuir. O medo do famoso shinobi faz com que rapidamente Shojoji revele o que ele sabe sobre o selo na palma de Boruto e revela que a organização que procura os selos chama-se "Kara". Ao mesmo tempo, tal organização se reuni, tendo sido convocada pelo líder Jigen.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.