FANDOM


Monstro (怪物, Bakemono) é o volume 8 do mangá Boruto: Naruto Next Generations.

Capítulo 28: Flores (花, Hana)

Kawaki acha estranho que Naruto possa estar andando vagarosamente. Eles encontram Sarada em uma loja de taiyaki, e Sarada reconhece Kawaki. Naruto pede um taiyaki para si mesmo e confunde Kawaki ao pedir que ele escolha um sabor para ele também, já que Kawaki não tem nenhum conhecimento de lanches. Sarada recomenda uma opção mais segura, mas Kawaki escolhe outra, irritando-a. Kawaki está impressionado com o lanche. Sarada pede uma mordida no seu taiyaki de chocolate, nunca tendo experimentado esse sabor, e Kawaki à amaldiçoa. Uma criança correndo esbarra em Kawaki, que transforma seu braço para atacar a criança, mas é interrompido por Naruto, que o impede. Kawaki diz à criança que ele deve ficar de guarda porque há coisas perigosas no mundo. Sarada garante que a criança está bem e pede desculpas. Sarada e Kawaki discutem sobre sua atitude. Naruto critica a falta de sociabilidade de Kawaki. Naruto aponta que ele terá problemas para conseguir a cooperação de Boruto se ele mantiver essa atitude. Os três chegam a loja de flores. Ino cumprimenta Naruto e Sarada, e reconhece Kawaki de conversas anteriores com Naruto. Discretamente, Naruto informa que o inimigo o procurará, e pede apoio contínuo da divisão de sensores. Naruto explica que eles estão lá para comprar um vaso de flores e diz a Kawaki para escolher um, explicando que ele precisa fazê-lo porque ele quebrou o vaso de flores. Ele escolhe um aleatoriamente e é criticado por Sarada. Naruto diz para ele ser sincero em sua escolha. Ele escolhe o mesmo vaso, apontando o design e que ele se encaixa na casa de Naruto. Ino oferece algumas flores, mas a visão das hastes aciona Kawaki, lembrando-o dos tubos de laboratório Jigen , fazendo-o largar o vaso. O Kāma de Kawaki começa a se ativar, mas Naruto o abraça, dizendo que ele está seguro. Kawaki se acalma e eles saem da loja. Sarada se separa deles, dizendo a Kawaki que seu objetivo é se tornar Hokage como Naruto, e ele também pode contar com ela. Naruto e Kawaki retornam, Naruto diz a Boruto que eles foram comprar um novo vaso de flores. Boruto reconhece a sinceridade de Kawaki, mas passa um tubo de cola para reparar o vaso quebrado. Do lado de fora do portão principal, Koji Kashin explica a Delta que o clã Yamanaka historicamente liderou uma divisão que sente o chakra daqueles que entram e saem da vila, e que ainda estão ativos, e trabalha sentindo se o chakra está registrado em Konoha ou não. Delta acredita que eles terão problemas para se infiltrar, mas Koji entra na vila sem disparar nenhum alarme. Ele diz para ela ficar parada enquanto recupera o receptáculo.

Capítulo 29: Técnica dos Clones das Sombras (影分身の術, Kage Bunshin no Jutsu)

Koji entra em Konoha sem ser detectado. Pensando em suas palavras, Delta acredita que Koji a enganou para que ele pudesse continuar a missão sem a vigilância dela. Koji lança um sapo para procurar por Kawaki . Kawaki olha para o tubo de cola, pensando na atitude de Boruto. Naruto se oferece para treinar com Boruto , que, apesar de tentar minimizar, está animado com isso. Naruto convida Kawaki para assistir, pois pode se transformar em pesquisa sobre Kāma . Boruto ataca com taijutsu e clones das sombras. Os clones despertam o interesse de Kawaki. Naruto derrota os clones de Boruto. Kawaki diz a Boruto para parar de lutar e usar a Kāma para que eles possam aprender mais sobre isso. Supondo que Boruto ainda não possa ativá-lo à vontade, Kawaki ativa o seu próprio, para que o Boruto ative em ressonância. Kawaki diz que Boruto simplesmente será mais forte com ele. Naruto concorda que treinar seria uma maneira preferível de aprender mais sobre o combate real. Boruto ataca com taijutsu, trocando mais golpes com Naruto do que antes. Quando Boruto ataca com uma técnca de raiton, Naruto usa um clone das sombras para bloqueá-lo, usando sua dispersão como um desvio para se mover atrás de Boruto, chutando-o para o lado. Naruto reconhece que Boruto é mais forte não apenas por causa de Kāma, mas também por seu próprio treinamento. Eles terminam a disputa com o selo de reconciliação, que Himawari explica a Kawaki como uma saudação. Kawaki pensa em quando ele brigou com Jigen , que constantemente batia e humilhava Kawaki enquanto tentava fazê-lo usar o Kāma. Mais tarde, Kawaki pergunta a Naruto se Boruto é sempre como ele é quando luta, dizendo que parecia divertido. Naruto pergunta se Kawaki está interessado em treinamento de ninjutsu , mas Kawaki explica que ele não pode usar chakra , pois ele não é um shinobi. Naruto admite que os shinobi usam chakra para ninjutsu, mas acrescenta que todo mundo tem chakra, e que isso é algo que conecta as pessoas. Kawaki não entende, e pergunta sobre a Técnica do Clone das Sombras. Naruto comenta sua utilidade para multitarefas. Kawaki sai para pegar o vaso quebrado de Himawari e é visto por Koji, que o vê através dos olhos de seu sapo.

Capítulo 30: Confronto (対 峙, Taiji)

Himawari observa como Kawaki luta para consertar seu vaso de flores. Kawaki considera uma perda de tempo e Himawari diz que sair para comprar um vaso novo foi suficiente para Ela. Boruto os ouve. Através de seu sapo, Koji observa Kawaki e determina que, enquanto Kawaki está sob a vigilância do Hokage , ele não pode interferir sem cautela, mas ele realmente não quer, preferindo ver como as coisas se desenrolam entre Kawaki e Boruto. Perdendo a paciência, Delta coloca um drone de suas costas para procurar Kawaki, algo que não possui chakra, de modo que o clã Yamanaka não consegue senti-lo. Boruto se aproxima de Kawaki e oferece ajuda para pesquisar sobre o Kāma, apesar de ainda trocarem insultos. Sob a supervisão de Naruto , Boruto e Kawaki ativam seu Kāma para lutar, enquanto Himawari aplaude os dois. Eles lutam, e Naruto explica a Himawari sobre o corpo científico da ferramenta ninja de Kawaki. Satisfeito com os efeitos de Kāma no desempenho físico de Boruto, Kawaki quer testar suas capacidades de absorção e dispara contra ele. Boruto esquiva o primeiro ataque, mas é forçado a tentar absorver o segundo e fere sua mão no processo. Os dois continuam discutindo, enquanto isso Koji os assiste através do sapo. Naruto diz que se eles terminarem, eles devem terminar o treino com o Selo de Reconciliação. Quando o fazem, ambos experimentam dor na mão que têm o Kāma, e Boruto tem uma visão de Momoshiki. Koji observa que a mão de Boruto se cura. Naruto pergunta a ele sobre o que aconteceu, e ele explica que o Kāma ocasionalmente dói. Koji pondera se a cura de Boruto foi devido ao seu Kāma ou algo único a ele, e considera preocupante a possibilidade de compartilhar a capacidade de Jigen . O drone de Delta os encontra e ela decide ir atrás de Kawaki, mesmo que seja detectada. Ela voa pela vila com jatos nas pernas. Ino sente Delta, e depois de confirmar com a equipe de barreira , alerta Naruto, que a instrui a não mobilizar a polícia militar, e que ele próprio vai lidar com o invasor. Koji vê Delta voando pela vila em desaprovação. Naruto diz a Boruto, Kawaki e Himawari que alguém está vindo em sua direção, provavelmente alguém que está atrás de Kawaki, e diz a Boruto para levar sua irmã embora. Delta chega antes que eles possam sair, e se pergunta como Kawaki deve ser punido dessa vez.

Capítulo 31: Monstro (怪物, Bakemono)

A pedido de Naruto, Kawaki confirma a identidade de Delta como uma interna da Kara. Delta sabe quem é Naruto e pede que ele se afaste para que ela possa lidar com Kawaki. Kawaki adverte Naruto que todos os internos são monstros. Boruto percebe a mudança de atitude de Kawaki como um sinal de quão perigosos eles são. Naruto se recusa a entregar Kawaki, e Delta decide matar Naruto. Naruto diz a Boruto para proteger Himawari , e Kawaki para se defender. Delta ataca primeiro, tentando chutar Naruto, mas ele evita seus ataques, a agarra pela perna e a bate no chão. Naruto usa um Rasengan contra ela, mas Delta a absorve com seus olhos. Ela ataca Naruto por baixo, transformando sua perna de uma maneira semelhante às transformações do corpo de Kawaki, mas Naruto também se esquiva. Delta confirma que ela foi extensivamente modificada com ferramentas científicas ninjas. Ela ataca Naruto novamente, que ativa seu modo de chakra. Naruto bloqueia seu chute, mas Delta transforma sua perna no impacto, fazendo com que ela cresça, que acaba perfurando Naruto. Naruto cria braços de chakra esmagando a perna de Delta, fazendo-a recuar enquanto o considera um monstro. A perna de Delta se regenera e ela provoca o desempenho de Naruto. Boruto tenta intervir, mas Naruto o avisa para ficar para trás. Delta é indiferente, contente em matar os dois. Naruto ameaça Delta, que o chuta e pisa nele. Delta relembra que só está interessada em Kawaki. Delta está confusa com o compromisso de Naruto com um estranho que lhe trouxe apenas problemas, e Naruto também está interessado em quão desesperada ela deve estar para entrar sozinha em território inimigo. Delta questiona sua curiosidade considerando sua situação, e Naruto admite que está preocupado. Delta torce o salto no abdômen de Naruto, remove-o e o adverte por sua tentativa de enganar enquanto sua ferida se cura. Naruto admite tentar obter informações dela enquanto finge estar enfraquecido. Irritada com a decepção, Delta exalta seu chakra, prometendo destruir Naruto. Naruto avisa as crianças para se afastarem e começa a trocar golpes com a Delta novamente. Quando os dois estão em um impasse, Delta libera o Rasengan que ela absorveu antes de volta para Naruto, que o esquiva. Boruto assiste com admiração.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.