FANDOM


m (Foram revertidas as edições de 186.226.0.79 (disc) para a última versão por Noctis Uchiha)
m (Foram revertidas as edições de Kaffalmoonstar (disc) para a última versão por Terceiro Kazekage)
 
(Uma edição intermediária de um usuário não apresentada)

Edição atual tal como às 19h22min de 11 de janeiro de 2018

Yōji Aburame (油女洋二, Aburame Yōji) foi um membro do clã Aburame de Konohagakure. Depois de se juntar a Raiz, ele passou a usar o codinome Sugaru.

História Editar

Passado Editar

Itachi Shinden: Livro da Luz Resplandecente Editar

Artigo principal: Itachi Shinden: Livro da Luz Resplandecente Yōji foi criado por um pai abusivo que estava com ciúmes do talento natural de Yōji. Quando Yōji acidentalmente derramou suco sobre seu pai em seu quinto aniversário, seu pai cortou sua garganta para puni-lo. Yōji retaliou matando seu pai. Órfão, Yōji foi logo recrutado pela Raiz, uma facção da Anbu liderada por Danzō Shimura. Devido ao fato de ele ter perdido a capacidade de falar após o ataque de seu pai, Danzō lhe ensinou a como usar os insetos que habitavam seu corpo para produzir palavras. Embora eficaz, ele fez sua voz soar estranha e cansada, razão pela qual ele preferiu ficar em silêncio.

Quando Itachi Uchiha entrou para a Academia, Yōji foi designado para se apresentar como um estudante e observar Itachi, passando relatórios sobre Itachi para Danzō. Um ano depois que Itachi se formou na Academia, Yōji foi designado para o Time 2 de Itachi para que ele pudesse continuar a observá-lo. Os dois nunca falaram, e Itachi deixou a equipe depois de apenas alguns meses. Alguns anos mais tarde, quando Itachi se juntou ao Time Ro da Anbu, Yōji - usando o codinome Sugaru - também foi adicionado à equipe. Oficialmente, ele era apenas mais um membro, mas Danzō informou a Itachi que a única responsabilidade de Sugaru era manter Itachi a salvo de danos.

Quando o clã Uchiha começou a se mover em direção a um golpe, Sugaru continuou a observar Itachi tanto durante como após as missões do Time Ro, este último em segredo. Ao fazê-lo, ele soube do plano de Itachi e Shisui Uchiha em tentar parar o golpe usando o Kotoamatsukami em Fugaku Uchiha. Depois de relatar isso a Danzō, Sugaru usou o veneno de seus insetos para subjugar Shisui, permitindo que Danzō tomasse o Mangekyō Sharingan de Shisui para si mesmo. Shisui escapou antes que seu segundo Mangekyō pudesse ser tomado, mas o veneno dos insetos não pôde ser removido e ele morreria de qualquer maneira; o veneno então se dissiparia para que ele não aparecesse durante uma autópsia.

Sugaru continuou a observar Itachi, seguindo as instruções de Danzō. Quando Itachi saiu da aldeia após o Massacre do Clã Uchiha, ele chamou Sugaru, ciente de que ele seria seguido onde quer que fosse. Sugaru não acreditava que Itachi pudesse fazer nada para detê-lo, mas rapidamente se provou errado: Itachi usou o Tsukuyomi sobre os insetos que habitavam o corpo de Sugaru, impedindo-o de se mover. Ele então usou o Amaterasu em Sugaru, queimando ele e cada um de seus insetos até que apenas suas cinzas permanecessem. Sugaru, através de seus insetos, gritou em agonia enquanto morria, com Itachi finalmente vingando Shisui.

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.